sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

* Governo do RN vai contratar agentes penitenciários temporários.

Foi divulgado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (15) a publicação de uma lei que autoriza a Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc) a realizar um processo seletivo para a contratação de agentes penitenciários e de vigilância prisional temporários.

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania Cristiano Feitosa, o edital do processo de seleção deve ser publicado em um mês e o concurso deve ser feito em seguida. A princípio, cerca de 200 agentes penitenciários serão contratados temporariamente. De acordo com a lei, as contratações serão feitas pelo prazo de um ano e podem ser prorrogadas pelo mesmo período.

* Testes rápidos de Zika, dengue e chikungunya serão distribuídos em fevereiro.

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, anunciou hoje (15) que kits para testes rápidos de detecção do vírus Zika, da febre chikungunya e da dengue serão distribuídos para laboratórios de todo o país em fevereiro. “Nós vamos, provavelmente, distribuir agora em fevereiro. Com esse kit, a pessoa vai tirar o sangue e vai saber imediatamente se está com dengue, chikungunya ou com Zika”, disse o ministro após visita ao Instituto Butantan, em São Paulo. As três doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

O kit foi desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), uma das unidades da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ligada ao Ministério da Saúde. Castro não deu detalhes sobre quais laboratórios receberão o material. “Vamos distribuir os testes que forem necessários para que esse diagnóstico seja feito. Não faltarão recursos no Ministério da Saúde para o combate à microcefalia”, ressaltou, em referência à malformação, que está relacionada à ocorrência do vírus Zika em grávidas.
teste_zika
Teste rápido.

* Advogados publicam carta aberta com críticas à Lava Jato.

Mais de cem advogados publicaram hoje (15), em diversos jornais do país, uma carta aberta em que críticam a Operação Lava Jato. O grupo inicia o documento dizendo que a operação ocupa um lugar de destaque na história do país “no plano do desrespeito a direitos e garantias fundamentais dos acusados”.

“Nunca houve um caso penal em que as violações às regras mínimas para um justo processo estejam ocorrendo em relação a um número tão grande de réus e de forma tão sistemática, afirmam. E citam desrespeito a questões como a presunção de inocência, alegam que há um desvirtuamento do uso da prisão provisória e vazamento seletivo de documentos e informações.

“O menoscabo à presunção de inocência, ao direito de defesa, à garantia da imparcialidade da jurisdição e ao princípio do juiz natural, o desvirtuamento do uso da prisão provisória, o vazamento seletivo de documentos e informações sigilosas, a sonegação de documentos às defesas dos acusados, a execração pública dos réus e a violação às prerrogativas da advocacia, dentre outros graves vícios, estão se consolidando como marca da Lava Jato, com consequências nefastas para o presente e o futuro da justiça criminal brasileira”, diz o texto.

* Tragédia em Caraúbas, criança morre afogada em tanque.

Informações apontam que uma criança de pouco mais de 1 aninho de idade, morreu afogado em um tanque na cidade de Caraúbas, lamentável.

A criança era filho de Berg Marchante, esse que faleceu dias atrás em virtude de um acidente de motocicleta na cidade de Caraúbas.

O blog se irmana a dor dessa família.
Tragédia. 

* Em Caraúbas, Eugênio Alves coordenará diretamente a pré campanha de Juninho Alves.

O ex prefeito Eugênio Alves já está atuando diretamente na coordenação da pré campanha do irmão Juninho Alves (PSD). 

Tido nas últimas pesquisas eleitorais como a maior liderança política no município de Caraúbas, Eugênio Alves também é conhecido pelo seu arrojo político e credibilidade em sua palavra empenhada para com os seus compromisso políticos.

Eugênio estaria articulando uma grande adesão ao projeto do Caçula, olhe aí...

Traremos mais detalhes nas rapidinhas...
Eugênio Alves em ação.

* Desastre em Mariana é o maior acidente mundial com barragens em 100 anos.

O rompimento da barragem de rejeitos da Samarco em novembro de 2015 – que destruiu o distrito mineiro de Bento Rodrigues – é o maior desastre do gênero da história mundial nos últimos 100 anos.

Se for considerado o volume de rejeitos despejados – 50 a 60 milhões de metros cúbicos (m³) – o acidente em Mariana (MG) equivale, praticamente, à soma dos outros dois maiores acontecimentos do tipo já registrados no mundo – ambos nas Filipinas, um em 1982, com 28 milhões de m³; e outro em 1992, com 32,2 milhões de m³ de lama.
CYxPKL2UQAAZ2b5
Desastre ambiental.

* Veículo de Capitão Styvenson é flagrado estacionando irregularmente.

O capitão Eann Styvenson, famoso por comandar as operações da Lei Seca, foi enredado em mais uma história resultado da projeção midiática que alcançou. A confusão começou em um post no Facebook e dá conta de que o implacável policial teria sido flagrado estacionando em vaga de idoso.

Em declaração ao portalnoar.com, Styvenson negou que tenha cometido irregularidade e contou sua versão, mais à frente detalhada.

“Coloca a diferença entre estacionar e parar. Foi minha mulher que parou para desembarcar e mudar algumas coisas. Eu percebi, olhei para a placa e vi que era para idoso, até chamei atenção de minha mulher. Lembrando que não é proibido parar. Não há essa proibição no local onde ocorreu o fato. Não houve estacionamento, houve parada. Eu estava no cinema e minha mulher parou para desembarcar e eu assumir a direção”, esclareceu, ele, se lamentando em seguida.
capitao-styvenson-e-enredado-por-estacionar-irregularmente-ele-nega1452866082
Faça o que eu digo e não o que eu faço!

* Procurador pediu cassação de deputados na Lava Jato.

Ao apresentar as denúncias contra deputados federais suspeitos de envolvimento na Lava Jato, no ano passado, a Procuradoria Geral da República pediu também ao Supremo Tribunal Federal (STF) a perda do mandato dos parlamentares, em caso de condenação.

O pedido envolve Vander Loubet (PT-MS), Nelson Meurer (PP-PR) e Arthur de Lira (PP-AL), e a denúncia contra o senador Benedito de Lira (PP-AL). Também foram denunciados os senadores Delcídio do Amaral (PT-MS) e Fernando Collor (PTB-AL), mas os casos seguem em segredo de Justiça.
Procurador.

* RN teve uma frustração de receita de R$ 94 milhões.

O primeiro repasse do FPM depositado no último dia 10 foi um verdadeiro susto. Segundo o secretário estadual de Planejamento, Gustavo Nogueira, ele aguardava R$ 206 milhões para a primeira parcela, mas a União só transferiu R$ 112 milhões. Além da queda de R$ 94 milhões, há a péssima projeção de que novas quedas devem acontecer.
fpm1
FPM em baixa e a quebradeira só aumenta.