terça-feira, 26 de janeiro de 2016

* Operação do MP prende presidente da Câmara Municipal de Apodi, RN.

Policiais civis e militares deram cumprimento, na manhã desta terça-feira (26), a nove mandados de prisão preventiva na cidade de Apodi, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Entre os presos, segundo o Ministério Público, está o presidente da Câmara Municipal, vereador João Evangelista de Menezes Filho, do PR. ACESSE AQUI A DECISÃO JUDICIAL que determinou a prisão do vereador e dos outros oito suspeitos.

As prisões, segundo o MP, foram necessárias em razão de os suspeitos estarem atrapalhando uma investigação conduzida pelo próprio órgão ministerial. A operação foi batizada de Apóstolo.

"O vereador vinha sendo investigado há mais de 9 meses pelo Grupo de Atuação Regional de Defesa do Patrimônio Público (GARPP), Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e Promotoria de Apodi por suspeita de desvio de recursos públicos Casa Legislativa", acrescentou o MP.

Ainda de acordo com o Ministério Público, "no curso das investigações da operação, interceptações telefônicas realizadas com autorização judicial mostraram uma intensa articulação do presidente da Câmara no intuito de intimidar testemunhas e assim interferir no conteúdo dos seus depoimentos, além de ter destruído documentos que interessavam às investigações. Diante dessas circunstâncias, não restou outra alternativa senão requerer a custódia cautelar do investigado e de outras oito pessoas que vinham tentando inviabilizar as investigações".

"Os elementos de prova até agora colhidos apontam para a prática dos crimes de peculato, extravio de documentos públicos, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, associação criminosa, denunciação caluniosa, usurpação de função pública e falso testemunho, cujo somatório das penas pode chegar a até 47 anos de prisão", acrescentou.

* PM captura dois foragidos da Justiça em Assú e Ceará-Mirim.

A Polícia Militar vem intensificando o policiamento preventivo e ostensivo em várias cidades do Rio Grande do Norte a fim de reduzir os índices de criminalidade. Para isso, tem realizado constantes barreiras itinerantes que visam a prisão em flagrante de criminosos, apreensão de armas e drogas, captura de foragidos e recuperação de veículos com registro de roubo/furto.

Em Assú, os policiais da Força Tática conseguiram capturar na noite desta segunda-feira (25), André Araújo de Mesquita, que estava foragido da Justiça. A captura ocorreu quanto os policiais realizavam um patrulhamento de rotina e se depararam com o homem, em atitude suspeita. Ao realizar a consulta da documentação do suspeito foi identificado que se tratava de um fugitivo da Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, na cidade de Mossoró, sendo feita a condução do detido até a Delegacia Regional de Polícia Civil para o registro da ocorrência e demais providências legais.

Já em Ceará Mirim, o 11º Batalhão de Polícia Militar (11 BPM) capturou no Distrito de Rio dos Índios, José Sebastião Basílio Gomes, vulgo “Tião” de 33 anos. José Sebastião, que responde por homicídio, na cidade de Caicó, foi detido após um patrulhamento de rotina e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil. José Sebastião Basílio Gomes estava com um mandado de prisão aberto em seu desfavor e ficou à disposição da Polícia Judiciária.
foragidos
Foragidos.

* Justiça Eleitoral cassa mandato do governador do Amazonas.

O governador do Amazonas, José Melo (PROS), e o seu vice, Henrique Oliveira (SDD), tiveram os mandatos cassados nesta segunda-feira (25) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). A decisão, proferida pela presidente da corte, a desembargadora Socorro Guedes, considera o chefe do Executivo amazonense culpado crime eleitoral de compra de votos. Cinco magistrados votaram pela cassação, e apenas um foi contra.

Além da cassação, eles foram multados em 50 mil e 30 mil UFIR, sigla para Unidade Fiscal de Referência. A ação que resultou no processo é movido pela coligação ‘Renovação e Experiência’, liderada pelo ex-candidato a governador e atual Ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga (PMDB).
jose_melo
Cassado.

* Novo comandante da PM declara guerra contra marginais.

O novo comandante da Polícia Militar, coronel Dancleiton Perreira Leite, concedeu entrevista coletiva na manhã de hoje (25) no Quartel General do Comando Geral e falou sobre como pretende combater a criminalidade no Rio Grande do Norte. A informação é do 190 RN. Segundo o coronel, os criminosos não terão vida fácil daqui para frente. “O Estado vai ficar inseguro para o bandido. Atualmente, a população está com medo de sair de casa, mas, a partir de agora, os bandidos é que vão temer”, desabafou o comandante.

O coronel também falou sobre a atual situação da criminalidade no Estado. “Nós estamos revoltados com isso, mas vamos agir para retomar o controle da situação. Iremos intensificar o policiamento e as abordagens e eu irei orientar os policiais a serem mais proativos. É preciso proatividade, não adianta agir só de forma reativa, depois que o crime acontece”, explicou.
comandante_PM
Comandante.