domingo, 27 de março de 2016

* Cientistas descobriram por que beijamos de olhos fechados.

Você já se perguntou por que fecha os olhos quando beija outra pessoa? A ciência sim e pode ter encontrado a resposta para essa questão. Segundo um estudo da Universidade de Londres, na Inglaterra, as pessoas fecham os olhos para manter o foco na tarefa que estão realizando.

Isso significa que o cérebro tem dificuldade em processar um sentido ao mesmo tempo em que tem um estímulo visual. “Já se sabia que o aumento das exigências de uma tarefa visual poderia reduzir a atenção em estímulos visuais e auditivos”, explica Sandra Murphy, uma das autoras do estudo, em uma entrevista ao jornal inglês The Independent.

Contudo, para chegar a essa conclusão “romântica”, os cientistas não analisaram casais se beijando. Na realidade, o foco da pesquisa era entender como os alertas táteis (aqueles que vibram para chamar a atenção da pessoa) dos carros funcionam para o ser humano.
beijo
Beijo.

* Imagens: Acidente com Ferreira: Deus e a blindaglem podem ter salvado a vida do comandante Ferreira Junior

Além já está sendo retratado como milagre divino, o acidente com o articulador comandante Ferreira Junior, entre Caraúbas e Campo Grande, demonstrou a importância do sinto de segurança, airbag e a blindagem existente no carro do Ferreirinha.

A força dívina sempre fala mais alto.

Bora seu Ferreira, teve mais uma chance, kkk!

Ferreira é um dos políticos mais importante da política caraubense.
Ferreira ao lado do carro...

Gente boa!

* URGENTE: Acidente grave com Ferreira Junior entre Caraúbas e Campo Grande.

O articulador comandante Ferreira Junior se envolveu em um grave acidente entre Caraúbas e Campo Grande entretanto graças à Deus está bem.

De acordo com as primeiras informações, Ferreira se dirigia a capital do estado pela RN 233, quando se deparou com um jumento, ao frear seu Corolla recebeu uma colisão traseira com uma Hylux.

O carro do Ferreira capotou por diversas vezes mais graças ao bom Deus não sofreu nenhuma escoriação.

Estava no carro com Ferreira, seu filho de 5 anos e a babá grávida de 6 meses.

Ferreira e os outros ocupantes já estão em casa e todos passam bem.

Mais um milagre de Deus.
Ferreira Junior.

* Em Caraúbas, Ferreira Junior segue sendo pressionado para mudar seu candidato.

Apesar de sua lealdade a Junior  Gurgel, o Ferreirinha segue sendo pressionado, por parte da situação para mudar seu pré candidato ao Jonas Gurgel.

Até quando seguirá a palavra dada em campina Grande?

Se seguir candidato, o "Guaxinim" terá o apoio do líder maior porém podemos ter mudança de pensamentos.

Tudo indefinido na situação...

...Enquanto isso, o Caçula está só na urubuservando... 

O nome do atual pré tem grande rejeição no grupo entretanto na frente do pré, a falsidade é grande!
Tudo começou nessa foto!

* Em tempo real: Em Caraúbas, reunião busca unir Novinho Praxedes e Junior Gurgel.

Estão reunidos nesse momento, no antigo Hotel de Seu Celso, Ferreira Junior, Raimundo Hélio, Édson Moraes, Josean Amorim, Novinho Praxedes entre outros.

Na pauta da reunião uma possível junção de todos em um só projeto político, eita.

A intenção é evitar a vitória antecipada do pré Juninho Alves.

Mais detalhes nas próximas postagens.
Reunião.

* PMDB pode ter terceiro presidente sem eleição.

O PMDB, maior partido brasileiro, pode ter em Michel Temer, o vice-presidente de Dilma, seu terceiro presidente da República, sem nunca ter elegido um cabeça de chapa presidencial, após a ditadura militar. O primeiro foi José Sarney, vice de Tancredo Neves, que foi eleito indiretamente pelo Congresso. Itamar Franco sucedeu Fernando Collor, após o processo de impeachment, em 1992. Temer pode ser o terceiro.

Sarney assumiu a Presidência após Tancredo vencer eleição indireta no colégio eleitoral, pós-ditadura. Não concorreu em eleições abertas.

Sobre Itamar: ele deixou o partido para se candidatar ao lado de Collor no extinto PRN. Saiu do PRN antes do impeachment e assumiu o cargo no PMDB.

Michel Temer foi eleito e reeleito como vice de Dilma em 2010 e em 2014 e é o sucessor legítimo em caso de impeachment da petista.
pmdb
Na sequencia.
Claudio Humberto. 

* OAB vai protocolar novo pedido de impeachment na Câmara dos Deputados.

Na próxima segunda-feira, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai protocolar na Câmara dos Deputados um novo pedido de impeachment. Diferentemente do que está em tramitação hoje, a entidade, responsável pela ação inicial que afastou o ex-presidente Fernando Collor de Mello, incluiu na peça denúncias de crime de responsabilidade e elementos da delação premiada do ex-líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (sem partido-MS).

No fim do ano passado, uma comissão da OAB sinalizou que o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff baseado apenas nas operações contábeis conhecidas como “pedaladas fiscais” não era suficiente para um apoio da entidade. Agora, três meses depois, a realidade é outra. Após incluir outros dados em um pedido, a ordem, sob sua administração, mudou a sua posição.
oablogo
OAB em ação.

* Dilma teme que PP, PR e PSD sigam PMDB na debandada do governo.

Reportagem da Folha de São Paulo destaca que Aliados da presidente Dilma Rousseff temem um “efeito manada” sobre a base do governo caso o PMDB confirme o rompimento com o Planalto em reunião de seu diretório nacional na próxima terça (29). Os mais afetados tendem a ser PP, PR e PSD.

O governo dá como certa a saída do PMDB, partido do vice-presidente Michel Temer, da base. Nas contas do Planalto, a ala rebelde do partido é agora majoritária e deve sacramentar a ruptura da aliança com o PT. Juntos, PP, PR e PSD somam 121 deputados. Seus líderes têm dito que não veem sinal de reação de Dilma diante da crise. Dirigentes nacionais dessas siglas têm sido pressionados por parlamentares a deixar o governo.
aliados
Ratos pulando do barco.

* STF desarquiva ações contra ministros de FHC por improbidade.

A Folha também destaque que quase oito anos depois de ter determinado o arquivamento de duas ações de reparação de danos por improbidade administrativa contra ex-ministros do governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), o STF (Supremo Tribunal Federal) admitiu um recurso apresentado pelo Ministério Público Federal e reabriu as ações. Entres os alvos estão os ex-ministros Pedro Malan (Fazenda), José Serra (Planejamento), Pedro Parente (Casa Civil), além de ex-presidentes e diretores do Banco Central.

As ações questionavam assistência financeira no valor de R$ 2,9 bilhões pelo Banco Central ao Banco Econômico S.A., em dezembro de 1994, assim como outros atos decorrentes da criação, pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), do Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (Proer).

O caso chegou ao STF em 2002, mas uma decisão do ministro Gilmar Mendes, em 2008, determinou o arquivamento das ações ajuizadas pelo Ministério Público na Justiça de Brasília. O Ministério Público recorreu da decisão de Gilmar.

No último dia 15, a primeira turma do STF decidiu acolher o recurso da Procuradoria-Geral da República contra o entendimento de Gilmar. Os ministros seguiram o voto da ministra Rosa Weber, relatora do caso. O ministro Luiz Fux não participou do julgamento. O caso está em segredo de justiça.
FHC
FHC. 

* Prazo para filiação partidária se encerra no dia 2 de abril.

Diversas mudanças foram trazidas pela Reforma Eleitoral 2015 (Lei n° 13.165/2015) e que passam a valer a partir das Eleições 2016. Uma delas é a alteração do prazo final para a filiação partidária, que, pela nova redação, será de até seis meses antes do pleito.

Portanto, quem quiser concorrer às eleições deverá estar com a filiação partidária deferida pela legenda até o dia 2 de abril, já que, neste ano, o primeiro turno das eleições ocorrerá no dia 2 de outubro. A filiação partidária é o ato pelo qual um eleitor aceita, adota o programa e passa a integrar um partido político. Esse vínculo que se estabelece entre o cidadão e o partido é condição de elegibilidade.
urna-eletronica
Eleições chegando.

* Caos: Sete presos fogem por buraco aberto sanitário do presídio.

O Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, registrou uma fuga de sete detentos na manhã de hoje (27). O grupo fugiu pelo buraco com a retirada de um vaso sanitário.

Os apenados seriam do pavilhão 5, mas três deles já foram recapturados. Permanecem foragidos Barnabé Jhones Medeiros, Manoel Marcos de Melo Brito, Gilson Galdino do Nascimento Leite e Cleidson Lopes da Silva.
coutinho
Rogério Madruga.