domingo, 17 de julho de 2016

* Em Caraúbas, milhares de pessoas marcaram presença no lançamento da pré candidatura de Carol Fernandes.

O bloco liderado pelos partido PR e PMDB entre outras agremiações políticas realizar o maior lançamento de pré candidatura da história da política local, vixe!

O evento que aconteceu no clube Verdes Mares superlotou com mais de duas mil pessoas o local, pois tanto dentro quanto fora do recinto uma verdadeira alavanque humana, vestidas de azul e verde, disseram sim ao projeto do PR, encabeçado em Caraúbas pela jovem Carol Fernandes.

Lideranças como Ademar Ferreira, Ferreira Junior, Raimundo Hélio, ex prefeitos Luciano Cruz e Junior Gurgel, Edis Novinho Praxedes, Assis Batista, Neguinho de Grosso, Socorro Mello, Josean Amorim, Silvio Viana, Eni Praxedes, Sergio Costa, e o presidente Édson Moraes, provável vice prefeito da chapa Junior Praxedes, Dr. Brnardo Amorim, entre dezenas de lideranças locais, todas confirmaram o nome da postulante, Carol Fernandes para liderar o grupo na disputa pelo palácio Jonas Gurgel.

Carol Fernandes em suas palavras afirmou que é uma honra receber a confianças de todos, ressalto sua vida  humilde, relatou a importância de seus pais em sua criação e do apoio do marido, empresário José Luis, nesse projeto e sobretudo do povo que é o seu principal objetivo, desenvolver o município pois assim irá alavancar a vida de todos os caraubenses.

Ao término do evento, todos ficaram impressionado com a firmeza e desenvoltura da postulante e principalmente o carisma e o espírito de segurança que suas palavras trouxeram para o grupo, olhe aí.

Se o grupo dos irmãos Alves estava esperando uma concorrente direta para a disputa, agora já pode anotar o nome dela é Carol Fernandes.
Chapa formada! 

* Em Caraúbas, Juninho Alves realizou evento na comunidade de Mariana.

O período pré campanha está chegando a sua reta final e o grupo liderado pelos irmãos Juninho e Eugênio Alves buscam a cada dia reafirmar que o projeto terá um êxito vitorioso em outubro vindouro, hum.

Nesse viés o grupo reuniu centenas de pessoas na noite de ontem (16), na comunidade de Mariana.

O grupo considerou a roda de conversa um sucesso.

O Caçula é rendoso.
Time do amarelo em ação.

* Exclusivo: Nome de JP desponta como favorito para compor chapa com Carol Fernandes.

A política caraubense começa a ter contornos definitivos definitivos dado o pleito de outubro, nossa, e dentro dessa perceptiva, cresce nos bastidores  o nome do empresário Junior Praxedes para companheiro de chapa da postulante Carol Fernandes.

O JP é um empresário bem sucedido e empreendedor e tem a simpatia do grupo situacionista e do edil Novinho Praxedes entre outros apoiadores do projeto do PR.

Parece que as três chapas agora forma fechadas, pois temos Dr. Alexsandro Santos e Raimundo das Lanchas, Juninho Alves e Paulo Brasil e agora Carol Fernandes e Junior Praxedes.

Façam suas apostas!
Chapa quase formada.

* Dr. Erick em ação: Delegado de Caraúbas comenta operação 'anjos da noite' em Umarizal.

Três mortos, dois baleados, duas mulheres detidas para esclarecimentos e um procurado. Este foi o resultado da operação Anjos da Noite, realizada pelas polícias Militar e Civil na cidade de Umarizal durante a noite de quinta-feira (14) e o dia de sexta (15).

A ação policial teve como objetivo desarticular uma quadrilha responsável por vários crimes de homicídios e assaltos na região do Médio Oeste, e que também estava planejando a morte de dois policiais, segundo revelou o delegado Erick Gomes ao MOSSORÓ HOJE.

“Entre as denúncias que nós recebemos e que foram confirmadas está essa de que eles pretendiam matar um policial militar em Caraúbas e um policial civil em Umarizal”, contou o delegado.

O motivo seria vingança pela morte do foragido da Justiça Francisco Wedson da Costa, baleado em abril deste ano durante assalto na cidade de Caraúbas.
Erick destacou ainda que a quadrilha estava em Umarizal comemorando a morte de Francisco Trajano de Sousa, de 45 anos, responsável pela empresa de vigilância PUMA, no dia 27 de junho em Caraúbas.

Durante a operação, todo o grupo de criminosos reagiu à prisão atirando contra os policiais e quatro deles acabaram sendo baleados. Três morreram e um está internado no Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró.
Participaram da operação a Polícia Civil de Caraúbas, (Erick Gomes), Umarizal (Luciano Augusto), Patu (Paulo Nilo) e a Delegacia Regional (Sandro Reges), além do GTO de Alexandria (Capitão Brilhante), Patu (Capitão Aderlan) e Apodi (Tenente Júlio Batista), fora a polícia local, através de seus homens.
Ao ser questionado como ele se sentia depois desta megaoperação, Erick Gomes destacou o sentimento de dever cumprido como policial.

“A gente está com a sensação de dever cumprido. Não fomos lá para matar ninguém, mas eles chegaram a uma medida extrema”, desabafou.

O delegado foi enfático ao dizer que os suspeitos miraram sua cabeça durante a troca de tiros.

“Minha viatura ficou crivada de balas. Eles tentaram me matar mirando na minha cabeça”, acrescentou.

Apesar disso, ele diz que continuará seu trabalho de combate ao crime. Ele concluiu a entrevista revelando que a quadrilha não se resumia somente aos três mortos, ao baleado e ao fugitivo. Ele diz que a operação vai continuar até desarticular todo o grupo criminoso.
“Ainda tem muita gente”, concluiu o delegado.

Dr. Erick Gomes de sobrenome competência.
  Mossoró Hoje via Santana Notícias.

* Ex-jogador Edilson não paga débito de pensão de R$ 430 mil e é preso.

Edilson Silva Ferreira, ex-jogador de futebol com passagens por Corinthians, Palmeiras, Vitória, entre outros, foi preso neste sábado (16) por deixar de pagar R$ 430 mil em pensão alimentícia, sendo detido pelos no Aeroporto Internacional JK, em Brasília, no Distrito Federal.

Além deste problema na Justiça, Edilson já carrega outro nas costas desde setembro de 2015. Na ocasião, o ex-jogador foi alvo de investigação da Policia Federal por suspeita de fraude em pagamentos das loterias da Caixa Econômica Federal. Edilson diz que ele é inocente.

Como jogador, o ex-atleta fez parte da seleção brasileira pentacampeão, em 2002. A carreira de Edilson por clubes nacionais conta também com grandes feitos, como dois Campeonatos Brasileiros, em 1998 e 1999, e o Mundial de Clubes da Fifa de 2000 pelo Corinthians. Antes disso, ele também havia conquistado o Campeonato Brasileiro de 1993 com o Palmeiras.
edilson
Eita o capetinha.