segunda-feira, 8 de agosto de 2016

* Em Caraúbas, Carol e JP prestigiam Cavalgada durante a festa de Nossa Senhora da Saúde no São Geraldo.

Na manhã de último domingo (07), foi realizada mais uma edição da Cavalgada dos Amigos, tradicional evento que geralmente ocorre dentro da programação da Festa de Nossa Senhora da Saúde, no distrito do São Geraldo, zona rural de Caraúbas/RN.

Os Pré-candidatos Carol Fernandes (PR) e Júnior Praxedes “JP” (PMDB) prestigiaram o evento ao lado de amigos e parentes. Iniciando na comunidade de Mariana e tendo como destino o Balneário do Cajueiro no São Geraldo, além do passeio feito pelos cavaleiros e amazonas o evento contou com a animação do grupo musical “Marcelo Show”, oferecido pela organização.

 Bela encantando por onde passa.
Assessoria do PR.

* Comunicado da ATOS/Caraúbas.

* RN tem 5.126 casos confirmados de Chikungunya em 2016, diz Sesap.

O Rio Grande do Norte tem 5.126 confirmados de Chikungunya em 2016. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (8) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e são referentes ao período de 1º de janeiro a 16 de julho. Neste mesmo período do ano passado foram confirmados 14 casos de Chikungunya. Em relação à dengue, foram notificados 56.849 casos suspeitos, sendo 8.904 confirmados em 2016. Foram notificados este ano, 4.843 casos suspeitos de zika vírus, dos quais 12 foram confirmados.

Entre os casos confirmados de dengue, 72 correspondem à dengue com sinais de alarme e 11 à dengue grave. Em 2015, no mesmo período, foram confirmados 5.621 casos de dengue.

Os números apontam para uma alta incidência da dengue em 127 municípios (76%), média incidência em 27 municípios (16,2%) e baixa incidência em 12 municípios (7,2%). Um município apresentou incidência silenciosa, ou seja, não notificou nenhum caso suspeito de dengue nesse período.

A Sesap alerta para casos em que as pessoas tenham febre, usualmente entre 2 a 7 dias, e apresentem duas ou mais manifestações como náuseas, vômitos, exantemas, mialgias, artralgia, cefaléia. “É importante que pessoas com esses sintomas procurem uma unidade de saúde e que os profissionais das unidades notifiquem imediatamente”, explica a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica (Suvige), Maria de Lima Alves.
Mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da zika, em laboratório de Campinas, em São Paulo (Foto: Paulo Whitaker/File Photo/Reuters)
Mosquito.

* Judoca Rafaela Silva dá primeira medalha de ouro ao Brasil.

A judoca brasileira Rafaela Silva derrotou a atleta Dorjsürengiin Sumiya, da Mongólia, na final na categoria até 57 quilos feminino. É a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Com um wazari sobre a oponente, Rafaela conquistou 10 pontos e soube administrar a luta até o final, com o apoio da torcida brasileira.

Nas disputas de hoje (08), Rafaela já havia vencido a romena Corina Caprioriu, a alemã Myriam Roper, a sul-coreana Kim Jandi e a húngara Hedvig Karakas. A portuguesa Telma Monteiro venceu por um yuko a romena Corina Caprioriu e ficou com a medalha de bronze. Rafaela Silva é carioca, tem 24 anos, e cresceu na comunidade Cidade de Deus. Começou a praticar judô com 5 anos, em uma academia na rua de sua casa. Aos 8 anos, entrou no Instituto Reação, no Rio de Janeiro.

Em 2011, ganhou a medalha de prata nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, no México e, em 2015, conquistou a de bronze no Pan de Toronto. Também foi foi vice-campeã mundial em Paris 2011. Na Olimpíada de 2012, em Londres, Rafaela foi desclassificada pelos juízes na segunda rodada por um golpe ilegal. Rafaela conquistou a medalha de ouro no Mundial de Judô de 2013, prata no Mundial de 2011 e bronze no World Masters de 2012.
rafa
Judoca.

* MPRN recomenda que prefeitos e vereadores não interfiram em atividade policial.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Martins, emitiu Recomendação aos prefeitos e vereadores dos municípios integrantes daquela comarca, com o objetivo de que estes se abstenham, por si e por seus auxiliares, de intervir direta ou indiretamente na atividade policial, seja para beneficiar ou prejudicar cidadãos.

A recomendação foi emitida levando em consideração que tem sido comum a veiculação de notícias dando conta da intervenção de políticos ou superiores hierárquicos no livre exercício da atividade de polícia, visando inibir a atuação policial contra amigos, parentes e correligionários. Esse tipo de ingerência na atividade policial viola os princípios aplicáveis à Administração Pública, em especial os da legalidade, isonomia e da moralidade.
(Continuar lendo…)

* Agora lascou geral: Cosern alerta para riscos de Pokémons próximos à rede.

Novo Jornal – A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) alerta os usuários do jogo Pokémon Go sobre os riscos de caçar os monstros virtuais próximos à rede elétrica e dentro de subestações de energia. A empresa lembra que apenas profissionais capacitados e a serviço da concessionária estão autorizados e aptos a subir em postes e entrar em instalações de acesso restrito do sistema elétrico.

A empresa adverte que os cuidados também devem ser adotados em ambientes internos. As pessoas devem ficar atentas e se manterem distantes de quadros de energia e subestações internas, mais conhecidas como casas de força, responsáveis pelo suprimento de energia a prédios e condomínios. A recomendação é válida também para imóveis que possuem geradores de energia elétrica.

Em caso de acidentes envolvendo energia elétrica, desligue o disjuntor elétrico ou a chave geral, e providencie socorro ligando para o Corpo de Bombeiros (193) ou para o Samu (192). Nunca se deve tocar ou tentar resgatar a vítima sem ter a certeza de que a fonte alimentadora da energia está desligada. Ocorrências com a rede de distribuição de energia, a Cosern deve ser imediatamente acionada pelo telefone gratuito 116.
poke_rede
Vão procurar uma lavagem de roupa.

* Para Henrique Baltazar, separar facções nos presídios é reconhecer controle dos presos.

O Rio Grande do Norte sentiu na pele os efeitos da violência na última semana graças às ações de uma facção conhecida como “Sindicato do Crime”, que, dentre outros delitos, queimou transportes e depredou prédios públicos – em razão da instalação de torres bloqueadoras de sinais de celular nas proximidades da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) – deixando a população em pânico e revoltada.

Pensando nisso, o Agora RN procurou ouvir o juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos, titular da Vara de Execuções Penais de Natal, para entender onde está a raiz dessa violência. Para o magistrado, um dos problemas principais tem sido a separação de criminosos por facções nos presídios do estado. Baltazar crê que, deste modo, o estado está admitindo que os detentos têm determinado controle dentro das prisões.

“Na minha visão, isso apenas fortaleceu as facções e até delimitou o território para elas. O estado reconheceu que presídio tal é controlado pela facção tal. É preciso que o estado tenha controle sobre os detentos. A lei, inclusive, diz como devem ser divididos os presos nas unidades; ela não fala nada de separar por facção. Se você iguala a força dentro dos presídios entre facções, ninguém vai se matar porque eles correm o risco de morrer também”, explicou o meritíssimo.

Questionado sobre possíveis soluções para evitar que novos surtos de violência voltem a ocorrer, o juiz Henrique Baltazar elencou medidas devem ser tomadas para que as facções criminosas sejam controladas dentro e fora dos presídios.

“Não há apenas uma ação especifica, é preciso que se adote uma série de medidas; primeiro: cortar as comunicações dos presos, exatamente como o governo tem feito na PEP; segundo: identificar possíveis lideranças de facções e isolá-las, o que pode ser feito tanto no presidio federal quanto estadual; terceiro: a médio prazo, os presos que não integrem facções deveriam ser enviados para outras unidades e afastados dos controle desses grupos, porque os detentos do interior e pessoas que não compõem facções, acabam sendo pressionadas a integra-las. E quarto: é preciso que haja uma investigação, para que se descubra de onde estão vindo os recursos financeiros dessas facções, para que se possam bloqueá-los”, finalizou.
henrique baltazar
Henrique Baltazar.
AgoraRN

* Agripino cumpre compromisso com o RN e apresenta projetos de lei para combate à violência.

Cumprindo o compromisso que assumiu na última semana com o Rio Grande do Norte, o senador José Agripino apresentou nesta segunda-feira (08) dois projetos de lei que ajudarão no combate à violência nos estados e municípios de todo o Brasil. O primeiro, o PLS 304/2016, muda a distribuição do Fundo Nacional Antidrogas (Funad) e destina aos municípios 70% dos recursos do fundo, levando em conta o critério proporcional do Fundo de Participação dos Municípios.

Na prática, cidades com maior número de habitantes receberiam uma quantia maior de recursos para serem aplicados na prevenção e combate ao tráfico de drogas. “Esse fundo já existe e é administrado pela União, mas o tráfico de drogas está nos municípios, que não têm recursos para combater esse crime. Os municípios são unidades da Federação que estão hoje quebrados e convivem com a consequência do tráfico, como homicídios, entre outros”, destacou Agripino durante discurso na tribuna do Senado.

O segundo projeto de lei apresentado hoje pelo senador altera as regras de distribuição do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), hoje também comandado pela União. Pela matéria, o fundo passa a ser gerido por um conselho gestor e os estados que declararem situação de calamidade pública ou emergencial, como ocorreu em várias regiões do Rio Grande do Norte, receberão recursos desse fundo para serem aplicados na manutenção da ordem pública.
agripino_projetos
Agripino Maia.

* Governo investe quase R$ 1 milhão em equipamento para o ITEP.

O Governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), adquiriu um scanner de raio-x – Flatscan Dual View – para a Coordenadoria de Medicina Legal do ITEP, que deve garantir maior precisão e celeridade ao resultado dos exames de necropsia, realizados no Instituto.

O Flatscan substitui as antigas máquinas de raio-x, gerando imagens de alta definição, facilitando a identificação da causa morte e a necropsia. “O grande benefício está no tempo de produção de um laudo pericial, que no método tradicional pode levar horas, e, com o Flatscan em apenas 4 minutos o médico legista gera a imagem completa do corpo da vítima” disse o Chefe de Gabinete, Marcos Brandão.

O equipamento de R$ 900.000,00 foi adquirido com recursos próprios e faz parte de uma série de investimentos realizados pelo Governo para o reaparelhamento das unidades da Segurança Pública. O extrato de contrato simplificado foi publicado na edição deste sábado (06) do Diário Oficial do Estado.
flash
Novo equipamento.

* Câmara vota amanhã projeto de renegociação de dívidas dos estados.

O projeto que trata da renegociação das dívidas dos estados e do Distrito Federal com a União será votado amanhã (09) na Câmara dos Deputados. A afirmação é do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), após reunião com o relator do projeto, Esperidião Amin (PP-SC), e líderes partidários nesta segunda-feira (08).

“Hoje, conseguimos terminar um texto que representa a opinião da maioria dos líderes dos partidos da Casa. Se tudo der certo, vamos encerrar a discussão ainda hoje, com a apresentação do texto final por parte do relator e dar tempo para que cada deputado possa ler a versão final e apresentar destaques até amanhã, às 10h da manhã”, afirmou Maia.

Relator da proposta, Esperidião Amin, disse que, após as negociações, retirou do texto o que, em sua opinião, feria o Pacto Federativo, como o aumento da contribuição previdenciária dos servidores público e a inclusão, no limite de 60%, das receitas correntes líquidas, gastos com terceirizados e benefícios como auxílio-moradia e gratificações atualmente não incluídos na conta. Esse limite consta da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
rodrigo_maia
Rodrigo Maia.