sábado, 15 de outubro de 2016

* Agora: Rosalba diz que não será candidata em 2018.

Apesar de ser cogitada nos meios políticos uma possível candidatura ao Senado da prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, em 2018, não está em seus planos. 

Rosalba disse que está diante do maior desafio de sua vida: colocar novamente Mossoró no rumo certo.

* Senadores estimulam Garibaldi a disputar à Presidência do Senado.

O senador Garibaldi Filho (PMDB) vem sendo estimulado por senadores não só do PMDB, mas até de outros partidos, como Cristovam Buarque (PPS-DF), a disputar à Presidência do Senado em fevereiro de 2017, cargo que já exerceu entre 2007 e 2009. 

Garibaldi não tem demonstrado interesse na disputa: “Fico honrado com a lembrança, mas não quero entrar nessa disputa”. 
Garibaldi Filho.

* Aí Robinson Faria: Prefeito de cidade do Sertão da PB antecipa 13º dos professores para homenageá-los.

O atual prefeito de Água Branca, no Sertão da Paraíba, Tarcísio Firmino (PMDB), mesmo após derrota nas eleições deste ano, anunciou nessa sexta-feira (14), o pagamento da segunda parte do 13º salário para todos os servidores da Secretaria Municipal de Educação do município.

O pagamento estava previsto para 11 de dezembro, segundo a imprensa local, mas foi antecipado para homenagear os professores, que comemoram neste 15 de outubro. O prefeito explicou que fez um grande esforço com sua equipe de governo, mas o objetivo maior é homenagear o professor no seu dia.
1476534945385-tarcisio-firmino-agua-branca-300x225
Parabéns ao gestor.

* NO RN, Delegados de Polícia param atividades no dia 18/10.

Após a participação em várias reuniões com entidades que representam servidores do Poder Executivo, quando foram apresentados pelo Secretário de Planejamento e Finanças do Estado Dr. Gustavo Nogueira,  relatórios financeiros da grave situação financeira do RN, a ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DE POLICIA CIVIL solicitou agendamento de audiência com o Secretário da Segurança Pública, Dr. Caio Bezerra, onde foi exposto o inconformismo daqueles que integram o Sistema de Segurança Pública que, em sua grande maioria, NÃO receberam até a presente data, 15 de outubro, NENHUM CENTAVO dos seus salários de setembro e o que é pior: SEM QUALQUER DEFINIÇÃO DA DATA QUE IRÃO RECEBER.

Na sequência, foi realizada nova reunião com a Secretária Chefe da Casa Civil, Tatiana Mendes, na qual estiveram os comandantes das POLICIAS CIVIL E MILITAR, além do Secretário de Segurança, onde mais uma vez as entidades que representam os servidores do sistema (POLICIAS CIVIL, MILITAR, CORPO DE BOMBEIROS E ITEP) reafirmaram a impossibilidade dos servidores continuarem passivos trabalhando, na situação já relatada: sem salários e sem data para receber.

Na quinta-feira à noite, a Presidente da ADEPOL RN e gestores da POLÍCIA CIVIL,  em conversa com o Senhor Governador Robinson Faria, expuseram a preocupação com a situação e a grande dificuldade em manter as categorias trabalhando sem receber salários, destacando ainda o risco de descontinuidade das operações  extraordinárias que, ao longo do ano, resultaram em inúmeras prisões de integrantes de quadrilhas e combate ao crime organizado, além do re-estabelecimento da ordem e prisões dos líderes das ações que aterrorizaram a população por ocasião da instalação da antena de bloqueio de celular no Presídio Estadual de Parnamirim.

Sexta-feira, 14,  antes de mais uma assembleia realizada na ADEPOL RN, a Presidente da entidade, a convite do Presidente do Sindicato dos Policias Civis (SINPOL-RN), Paulo César de Macedo, participou de reunião, na qual também esteve presente o Presidente da Associação dos Escrivães, Roberto Moura, e, juntos, apresentaram ao Governador pedido de inclusão dos servidores da POLÍCIA CIVIL dentro do percentual de servidores que estão sendo pagos, pois não há como as categorias permanecerem trabalhando motivados sem receber seus devidos pagamentos.

Ficou definido ainda que, diante do que foi discutido nas reuniões das quais participaram os representantes de outras entidades de servidores do Poder Executivo e que integram o Fórum de Servidores, seria preparado um requerimento formal a ser encaminhado ao Governador, solicitando agendamento de reunião com os representantes dos demais poderes (Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas e Ministério Público), buscando  construção de um diálogo e pactuação de medidas que viabilizem o pagamento dos salários de todos os servidores.

Os Delegados de Polícia estiveram reunidos em mais uma assembleia, discutindo meios de mobilização da classe,  na luta para que sejam pagos os salários de setembro e apresentado pelo Governo um planejamento para o pagamento nos próximos meses, pois os servidores não estão obrigados a trabalharem arriscando suas vidas sem sequer saberem o dia que receberão  pagamento.

Após as discussões, restou aprovado pela classe paralisação das atividades, programada para o dia 18 de outubro de 2016, com as demais categorias que integram a POLÍCIA CIVIL, Agentes e Escrivães.
Adepol RN.
 ADEPOL/RN.

* Países chegam a acordo para limitar gases do efeito estufa.

Quase 200 países chegaram a um acordo para limitar o uso de hidrofluorcarbonetos (HFCs), gases que estão entre os principais causadores do efeito estufa. As informações sobre o acerto firmado hoje (15) são da agência Ansa. O pacto foi assinado em Kigali, capital de Ruanda, e representa o primeiro sinal da comunidade internacional de que tentará cumprir os objetivos do Acordo de Paris. Segundo o que foi acertado, será definido um teto para as emissões de HFCs, que serão reduzidas gradualmente pelos países desenvolvidos, incluindo os Estados Unidos, a partir de 2019.

Já as nações em desenvolvimento, como a China, maior poluidora do planeta, começarão a diminuir suas emissões a partir de 2024. Além disso, um pequeno grupo de países, entre eles Índia e Paquistão, pressionou para iniciar as reduções em 2028, alegando que suas economias precisam de mais tempo para crescer. Os hidrofluorcarbonetos são gases usados em aparelhos de ar condicionado e refrigeradores e presentes em aerossóis.
estufa
Efeito estufa.

* Em Caraúbas, pessoas estão sendo ouvidas sobre o caso da placa roubada e queimada do 22.

Informações exclusivas apontam que durante toda essa semana, algumas pessoas foram ouvidas pelo competente delegado Dr. Erick Gomes no tocante ao caso do furto e da queima da placa do comitê do 22 no município de Caraúbas.

Além de já contarem com os depoimentos de parte dos envolvidos, ao que parece, os homens da lei já contam nos autos, com um vídeo no momento da queima da placa na comunidade de Mariana, tendo inclusive a presença de candidato eleito na filmagem, isso vai dar merda.

A coligação derrotada está acompanhando tudo de perto e exige que o caso tenha as punições da lei, nossa.
Quem vai pagar essa conta?

* Em Caraúbas, prefeito eleito já começou a se preocupar com a inadimplência do município.

Apesar de ser conhecedor do problema enfrentado pelo município de Caraúbas, o futuro prefeito já começou a dar sinais de sua preocupação para com a inadimplência enfrentada pela nossa municipalidade.

O eleito esteve ontem (14) em reunião com a senadora Fátima Bezerra (PT) e ouviu da senadora que o primeiro passo do novo gestor, será tirar o município de Caraúbas  da inadimplência.

Esse será outro grande problema que o novo comandante irá enfrentar contudo esperamos que não se transforme na desculpa para uma possível inércia governamental.

Ainda da reunião a senadora se prontificou a ajudar o município e fazer o que estiver ao seu alcance em outro problema, esse maior ainda. 

Estamos de olho!
Reunidos e preocupados. 

* Homem esconde no ânus R$ 437 mil em barras de ouro.

Um homem se aproveitou seu emprego na Casa da Moeda canadense e desviou 180 mil dólares canadenses (cerca de R$ 437 mil) em barras de ouro. Leston Lawrence, de 35 anos, escondia o metal dentro de seu ânus para enganar a segurança. De acordo com as informações do jornal Ottawa Citizen, Lawrence retirava pequenos pedaços circulares da barra e os colocava em seu reto.

Depois, ele vendia o ouro em um centro comercial na cidade de Ottawa, cada um valendo aproximadamente 6,8 mil dólares canadenses (em torno de R$ 16,4 mil). O plano só foi descoberto depois que o caixa do banco de Lawrence desconfiou dos altos depósitos feito por ele. Ao descobrir que o cliente trabalhava na Casa da Moeda, o caixa o denunciou.
ouro branco
 Isso não é um cu, isso é um cofre!