sábado, 29 de outubro de 2016

* A delação do 'fim' do mundo.

VEJA desta semana mostra as dimensões superlativas e o potencial explosivo da delação premiada de 75 executivos da empreiteira Odebrecht, incluindo seu ex-presidente Marcelo Odebrecht.

Distribuído em mais de 300 anexos – 300 novas histórias sobre a corrupção no Brasil –, o acordo a ser assinado com o Ministério Público envolve os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, o atual, Michel Temer, tucanos de alta plumagem, como José Serra, Aécio Neves e Geraldo Alckmin.

E ainda ‘peemedebistas’ fortemente ligados a Temer. É capaz de aparecer o nome do ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves. Ele é muito ligado Temer.
capa veja preta
VEJA!

* Aí é de lascar: Homem trai esposa e é denunciado por papagaio dedo-duro.

O cachorro é o melhor amigo do homem. Já o papagaio, nem tanto. Um homem que traía a esposa com a empregada doméstica foi denunciado pela ave dedo-dura, que reproduzia os diálogos apaixonados do casal adúltero. O que parece ser um enredo de pornochanchada aconteceu na província de Hawalli, no Kuwait.

A mulher traída, que não teve o nome revelado, já suspeitava que o marido vinha pulando a cerca há algumas semanas. Antes mesmo de o papagaio abrir o bico, as desconfianças já existiam, ficando ainda mais intensas no momento em que ela percebeu que o homem ficava nervoso quando ela chegava mais cedo do trabalho sem avisá-lo. O caso foi revelado pelo jornal “Arab Times”.

A desconfiança da moça ficou ainda mais forte depois que ela começou a escutar o animal da família reproduzir frases de amor. O problema é que, segundo ela, o marido não a tratava de maneira carinhosa há algum tempo, o que reforçou as suspeitas de que algo errado acontecia debaixo do seu nariz – ou do bico da ave.

Ao ligar os pontos da história, a esposa chegou à conclusão de que a amante era a empregada doméstica, que ficava em casa com o marido enquanto ela trabalhava. O cidadão bem que tentou camuflar o affair, mas esqueceu de levar o Louro para longe do ninho de amor.

Confusão

O que seria apenas uma briga de casal quase se transformou em questão judicial. Isso porque no Kuwait, assim como em outros países do oriente médio, o adultério é crime, passível de reclusão.

Irritada com a situação, a moça chamou a polícia e relatou o ocorrido. Disse às autoridades que desejava abrir um processo judicial contra o esposo e afirmou que levaria a ave falastrona ao tribunal, como prova do crime.

A sorte do adúltero – e o azar da moça – é que a Justiça do Kuwait sinalizou que o penoso dedo-duro não poderia ser aceito como prova do crime, já que ela não teria como garantir que as frases picantes ouvidas pelo bicho realmente vieram do marido, e não do rádio ou da televisão, por exemplo.

O amante, portanto, não foi indiciado, apesar do susto. Não se sabe qual será o futuro do casal nem, em caso de divórcio, quem ficará com a guarda do papagaio linguarudo.
Papagaio contrão!
Ig

* Pesquisadores desenvolvem anticoncepcional injetável para homens.

Enquanto as mulheres podem escolher as formas de evitar uma gestação, os contraceptivos masculinos se restringem aos preservativos e à vasectomia. Mas, segundo um estudo publicado no “Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism”, é possível desenvolver um anticoncepcional masculino injetável.

O contraceptivo foi desenvolvido e testado por um braço da Organização Mundial de Saúde e pela Faculdade de Medicina Oriental da Virginia, nos Estados Unidos. Um estudo de um ano foi realizado em dez centros em sete países, incluindo os EUA, Austrália, Indonésia, Chile, Alemanha e Índia.

A pesquisa foi realizada com 320 homens com idades entre 18 e 45 anos, que estavam em relações monogâmicas por pelo menos um ano – e cujas parceiras concordaram em participar. A contagem de esperma dos homens foi verificada no início do estudo, para garantir que os índices estavam normais.
injecao-vacina-anticoncepcional-1477657402233_615x300
Hum.

* Criminosos invadem duas cidades do RN e explodem bancos.

Duas cidades do Rio Grande do Norte foram alvo de ação de criminosos especializados em explodir e saquear agências bancárias, na madrugada deste sábado (29). Os municípios de Tibau do Sul, distante 70 km de Natal e Montanhas que fica a 95 km da capital Potiguar. Nos dois casos foram usadas dinamites e para inibir qualquer reação os bandidos atiraram em unidades de polícia.

De acordo com informações repassadas pelo comando da PM os criminosos chegaram na cidade de Montanhas por volta das 2h e arrombaram com explosivos uma agência do banco Bradesco levando o dinheiro dos terminais. Pouco tempo depois um outro grupo invadiu Tibau usando de muita violência atirando no prédio onde estavam alguns policiais e em uma viatura estacionada no local. O alvo foi a agência do banco do Brasil que também foi explodido.

As duas ações duraram cerca de 20 minutos casa uma. O policiamento de municípios vizinhos foi acionado, mas nenhum suspeito foi preso. Os casos de arrombamentos bancários registrados no Estado são investigados pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado.
pm_ataque
Eita RN nas mãos do poder paralelo.
Portal BO

* Aí mata: ‘Rombo’ na Prefeitura de Mossoró é de mais de R$ 111 milhões, afirma MP.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio dos promotores de Defesa do Patrimônio Público de Mossoró e do Grupo de Atuação Regional de Defesa do Patrimônio Público (GARPP), ajuizou ação civil pública (ACP) visando impedir que o prefeito de Mossoró, Silveira Júnior (PSD), realize novos empenhos e assine novos aditivos e contratos até o final de seu mandato bem como requerendo a suspensão dos pagamentos empenhados referentes a contratos celebrados desde maio de 2016, em desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Segundo os dados levantados e que constam na ação, a Prefeitura de Mossoró, entre maio e outubro de 2016, celebrou vários aditivos e contratos com valores significativos, totalizando R$ 33.879.216,70, “sem a capacidade de honrar, até o término do mandato, com os compromissos financeiros já empenhados até outubro deste ano, ainda que se considere que a receita prevista para o próximo bimestre venha a se efetivar”, observam os promotores.

A preocupação maior do MPRN é com o rombo nas finanças municipais. De acordo com dados do Portal da Transparência da Prefeitura de Mossoró levantados pelo MPRN, as receitas arrecadadas até outubro de 2016 totalizam R$ 368.819.934,79, enquanto os valores já empenhados até o referido mês somam R$ 479.996.621,51. Assim, o passivo é superior ao ativo no montante de R$ 111.176.686,72 (CLIQUE AQUI e acesse a matéria completa no portal De Fato).
prefeitura_mossoro
Palácio da Resistência.

* Em Caraúbas decisão judicial deverá mudar indicação no 1º escalão.

Uma decisão judicial proveniente de 2013, na qual recomenda a exoneração de alguns servidores públicos municipais da municipalidade caraubense  deverá mudar os planos de nomeação do 1º escalão do governo Juninho Alves.

Com essa 'eliminação' renascer as expectativas de alguns rejeitados de primeira hora.

Segue a luta pelo comando das pastas locais.

O prefeito eleito já está sabendo dessa saia justa, nossa!
Acomodações é uma tarefa complicada!

* Atenção Caraúbas, Grave: Secretário de Saúde pode enxugar rede hospitalar no RN.

A rede de atendimento ligada ao Governo do Estado possui 24 hospitais regionais. 

Segundo contam lá da capital, o secretário estadual de Saúde, George Antunes, pode reduzir esse número para oito, enquanto deixa as unidades mais resolutivas para atender cada região.

Como ficará a situação em Caraúbas pois sabemos que na visita do secretário de saúde na Unidade, a impressão não foi das melhores. 

É aguardar!
Caos à vista.

* Datafolha: Crivella tem 58% e Freixo, 42% dos votos válidos.

Na última pesquisa Datafolha antes do segundo turno, divulgada neste sábado, o candidato do PRB à prefeitura do Rio, Marcelo Crivella, aparece com 58%, e o candidato do PSOL, Marcelo Freixo, com 42% dos votos válidos.

A diferença entre os dois diminuiu dez pontos percentuais em relação a pesquisa anterior.

Na pesquisa com os votos totais, Crivella tem 43% contra 30% de Freixo. Brancos e nulos somam 19%, e indecisos, 8%, os mesmos índices da pesquisa anterior.