domingo, 13 de novembro de 2016

* Corregedoria investiga vazamento de fotos de PM nua no trabalho.

Um caso interno movimentou a polícia de Minas Gerais. A Corregedoria da PM investiga a soldado do 93º Batalhão de Unaí, cidade que fica a 600 quilômetros de Belo Horizonte. Fotos dela com bumbum e seios de foram feitas dentro da delegacia, vazaram e fora compartilhadas nas redes sociais.

Nas imagens, ela aparece com farda e algumas partes do corpo a mostra. Há um outro retrato em que ela aparece totalmente nua, com um armários ao fundo. A militar em questão integra a corporação desde 2010.
Fotos.
Fonte: Veja

* Cláudio Santos assume oposição a Robinson e tem nome cogitado para ser candidato em 2018.

A atuação nos últimos meses do presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador Cláudio Santos, tem feito seu nome ser lembrado como possível candidato em 2018.  

Um dos cenários seria Cláudio Santos candidato ao Governo do Estado, tendo o empresário mossoroense Tião Couto como vice, e o também empresário Flávio Rocha como um dos candidatos ao Senado. 

Outro cenário seria Cláudio Santos ser vice do atual prefeito de Natal, Carlos Eduardo, na disputa pelo Governo do Estado, com os senadores Garibaldi Filho e José Agripino disputando à reeleição. 

Nos bastidores chegou a se cogitar a possibilidade de Cláudio Santos formar uma chapa com o atual governador Robinson Faria, o que já é praticamente impossível pelas duras críticas que o magistrado tem feito ao Chefe do Executivo Estadual. 

Aliás, Cláudio Santos está assumindo o papel de oposição – até aqui inexistente – ao governador Robinson Faria, que passa por uma crise sem precedentes na história política do Estado, com atraso salarial dos servidores ao lado de um caos na Saúde, Segurança Pública e Sistema Prisional. 
Cláudio Santos chegando na mídia como candidato. 
Heitor Gregório.

* Repatriação: RN pode receber mais R$ 211 milhões das multas.

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), universalizou a ordem de depósito judicial de valores da repatriação que já havia beneficiado os Estados de Piauí e Pernambuco.

Com a decisão liminar, ao todo 23 estados e o Distrito Federal obtiveram o bloqueio dos recursos. O Rio Grande do Norte já havia recebido de R$ 211 milhões de imposto da repatriação, mas poderá receber igual valor pela aplicação das multas.
Robinson Faria.

* Detento desembolsa R$ 200 mil e constrói motel dentro de presídio.

Um detento mandou construir 112 quitinetes dentro da Penitenciária Odenir Guimarães, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na capital de Goiás, gastando aproximadamente R$ 200 mil na obra.

A construção, segundo o jornal O Dia, foi iniciada no fim de 2015 e estava quase terminada. Porém, o “motel” foi descoberto quando estava em fase final de acabamento.

O “dono do empreendimento”, o traficante preso Thiago César de Souza, de 32 anos, esperava arrecadar R$ 120 mil por mês com o “aluguel” das quitinetes íntimas. A obra em si na verdade custou R$ 120 mil, mas o traficante teve que gastar mais R$ 70 com o pagamento de propina ao diretor do presídio na época que a construção começou, Marcos Vinícius Alves. Ele está afastado desde o fim do ano passado.
IMG_9383
Era só o que faltava!

* Trump promete deportação imediata de imigrantes.

Donald Trump cumprirá com sua promessa de deportar milhões de imigrantes sem documentos dos Estados Unidos, afirmou o presidente eleito em uma entrevista que será transmitida neste domingo (13) no programa “60 Minutes” da rede “CBS”. Segundo Trump, até 3 milhões de pessoas serão deportadas depois que ele assumir o cargo.

“O que iremos fazer é pegar essa gente que é criminosa e tem fichas criminais, membros de gangues, traficantes, que totalizam 2, talvez 3 milhões. E vamos tirá-los do país ou fazer com que sejam presos”, declarou Trump em um trecho veiculado da entrevista à “CBS”.

Em outro trecho, o presidente eleito dos EUA afirma que “depois que a fronteira estiver segura”, oficiais da imigração irão fazer uma determinação sobre as pessoas que são “fantásticas”.

11 milhões de imigrantes ilegais

Durante a campanha à presidência dos EUA, Trump prometeu banir os muçulmanos e expulsar todos os imigrantes ilegais que já estão nos EUA, cerca de 11 milhões de pessoas, afirmando que aqueles que comprovarem ser “boas pessoas” serão aceitos de volta de forma legal.

Ele também defendeu a construção de um muro na fronteira com o México para impedir a entrada de imigrantes nos EUA. No dia em que apresentou sua candidatura, ele disse:

“Quando o México manda gente para os EUA, eles não estão mandando os melhores… Eles estão mandando pessoas que têm muitos problemas e estão trazendo esses problemas para nós. Eles estão trazendo drogas, estão trazendo crime, estão trazendo estupradores, e, alguns, presumo, são boas pessoas”.

Outras propostas feitas pelo republicano foram o fim do “Obamacare” (programa de saúde criado por Obama), o aumento dos impostos de empresas que deixarem o país e a ampliação dos poderes dos donos de armas que querem se defender.
trump
Esse Trump vai dar trabalho.