sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

* Rosalba diz que nova gestão em Mossoró será maior desafio de sua vida pública.

A prefeita Rosalba Ciarlini participou na noite desta quarta-feira, 21, da confraternização do movimento comunitário mossoroense. Na mensagem natalina, ela recordou o início de sua vida pública incentivada pelas lideranças comunitárias e as convocou para o que chamou de maior desafio de sua trajetória política.

“Quando estiver com a radiografia da Prefeitura, quero contar com o apoio de vocês mais uma vez”, conclamou, ressaltando estar preparada para enfrentar muitas dificuldades. “Não sei como estão dívidas, escolas, a saúde. Mas, não me faltará coragem e disposição de trabalho”, afirmou, explicando que a equipe de transição não está recebendo as informações necessárias sobre as condições em que encontrará a Prefeitura de Mossoró a partir de 1º de janeiro.

Rosalba adiantou que tomará medidas saneadoras e que está disposta também a revigorar o movimento comunitário. Para ela, 2017 será um ano para organizar a PMM, fazendo os ajustes que promovam a retomada do crescimento da cidade.
Foto: Carlos Costa
Rosalba Rosado.

* Em Caraúbas, Confira as super promoções do Praxedes Supermercado.



Promoção válida até 10 de Janeiro de 2017

* Temer telefona para Agripino e confirma repatriação dos municípios para o dia 30.

O senador José Agripino Maia (DEM) já está no Rio de Janeiro onde passará o Natal em Família, ao lado da esposa Anita Catalão, da mãe Dona Teresa Maia, da sogra Dona Elionai Catalão e demais familiares. Ontem (22) recebeu um telefonema do Presidente da República, Michel Temer.

O Presidente confirmou que vai pagar no próximo dia 30 os recursos da multa de repatriação dos municípios.

Luta que do Rio Grande do Norte também conta com a participação do presidente estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves e do deputado federal Felipe Maia (DEM).

* Nota oficial da JMT.

O Grupo Empresarial JMT, formado pelas empresas JMT Serviços de Locação de Mão de Obra Ltda. e Clarear Comércio e Serviços de Mão de Obra Ltda., após ter ciência e acesso ao conteúdo sigiloso do inquérito em curso na Polícia Federal, que resultou em recente apreensão de documentos e equipamentos em suas empresas, vem a público esclarecer que:
- O contrato sob investigação já havia sido auditado, em outras duas oportunidades, pela Controladoria Geral do Estado e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), em que os referidos órgãos, especializados em controle e auditoria, não apontaram qualquer ato irregular praticado pela empresa contratada citada na investigação;

- Após a medida de busca e apreensão, a empresa catalogou outros documentos, essenciais e suplementares, relativos à investigação, e os apresentou espontaneamente à autoridade policial, no intuito de contribuir com as investigações em curso;

- O Inquérito em andamento decorre de denúncia formulada ao Ministério Público Federal por servidor público estadual que já responde a várias ações de calúnia e responsabilidade civil por divulgar, em outras oportunidades, fatos criminosos inverídicos contra terceiros;

- O Grupo JMT ingressará, no momento oportuno, com Notícia Crime perante o Ministério Público Federal, informando a suposta prática do crime de denunciação caluniosa por parte do servidor público acima referido;

- Simultaneamente, as empresas do Grupo e seus sócios ingressarão com ações de responsabilidade civil para recompor os prejuízos porventura causados às imagens das pessoas e das empresas citadas;

- O Grupo Empresarial JMT, com mais de 12 anos de atuação no Rio Grande do Norte e em diversos estados, reitera a sua disponibilidade em contribuir com as investigações, bem como reforça o seu compromisso fiel com a verdade e a transparência dos atos praticados, honrando com todas as suas obrigações sociais e contratuais.
Imagem inline 1

N O T A  O F I C I A L

* TJ/RN tem mais de R$ 500 milhões de saldo.

Após tantas polêmicas no saldo do caixa do Tribunal de Justiça do RN, o blogue teve acesso com exclusividade ao extrato com data de 21-12-2016, que consta em caixa R$ 564 milhões.

De posse dos extratos, o blogue enviou o material para a assessoria do TJRN e para o próprio presidente, Cláudio Santos, que confirmou os documentos. “Confirmo os extratos. O saldo que deixo em caixa é para quem duvidava do que eu falava. Está aí”, disse o desembargador.
146-768x1024
TJRN.

* MPRN denuncia prefeito de Mossoró.

O MPRN protocolou junto ao Tribunal de Justiça denúncia em desfavor do Prefeito de Mossoró, Silveira Júnior, do também vereador Jório Nogueira, e do empresário Otávio Augusto Ferreira da Silva. Nela, consta pedido de condenação dos dois primeiros nos crimes previstos nos arts. 4º, I, da Lei 8.137/90 (abusar do poder econômico, eliminando total ou parcialmente a concorrência mediante ajuste ou acordo de empresas) e 317 do Código Penal (Corrupção Passiva – aceitar promessa de e receber vantagem indevida, em razão de função pública); e do último citado nas penas dos crimes previstos nos arts. 4º, I, da Lei 8.137/90 e 333 do Código Penal (Corrupção ativa – oferecer vantagem indevida para determinar funcionário público a praticar ato de ofício).

Segundo a peça acusatória, Silveira Júnior, na condição de presidente da Câmara de Vereadores de Mossoró, aceitou e recebeu em 2012 vantagem indevida em dinheiro do empresário Otávio Augusto Ferreira da Silva para interceder junto a seus colegas vereadores para a célere aprovação do Projeto de Lei Complementar n. 57/2011, o qual objetivava impedir o Supermercado Atacadão de concorrer no mercado mossoroense de postos de combustíveis.
(Continuar lendo…)
Francisco José Junior.

* Shirley declara apoio a Rivelino para a FEMURN.

O prefeito eleito de Patu, Rivelino Câmara (PMDB), após fechar com a Prefeita eleita de Alexandria e esposa do Desembargador Expedito Ferreira de Souza, Geane Ferreira (PSD), recebeu agora adesão da prefeita eleita de Messias Targino, Shirley Targino (PR), que até então se colocava como pré-candidata à presidência da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) e vai compor chapa com ele.

Bem articulado, Rivelino está solidificando sua pré-candidatura com o apoio de prefeitos – de vários partidos – das demais regiões do Estado e que militam na causa municipalista. Para Rivelino, a FEMURN não precisa de candidatos que representem “força A ou B” e, sim, de um presidente que tenham mandato eletivo, que defenda o municipalismo, que não coloque suas vaidades e projetos pessoais frente à disputa.

“A FEMURN precisa de um presidente-prefeito para ter sua representatividade e legitimidade reconhecidas. Só um presidente-prefeito vivenciará a realidade dos municípios e terá abnegação para lutar por melhorias”, destacou o prefeito eleito de Patu e pré-candidato a presidência da FEMURN.

Ainda de acordo com Rivelino, seu grande ideal é transformar a FEMURN numa Federação forte, combativa e sem bandeira partidária. “Só teremos condições de alcançarmos esses ideais se elegermos um presidente legítimo, um prefeito com mandato. Só assim a FEMURN terá condições de representar os 167 municípios de nosso RN”, pelos cálculos recentes Rivelino já conta com o apoio de mais de 90 prefeitos.
riva femur
Marchando para vitória.