quinta-feira, 20 de abril de 2017

* Em Caraúbas, após denúncia do BLOG do JM de superfaturamento, prefeitura reduz contrato escandaloso de locação de imóvel.

Após as denúncias de superfaturamento feita pelo BLOG do JM, no caso que ficou conhecido como escândalo "R$ 1.770,00", nesse a prefeitura de Caraúbas locou uma casa de um aliado político no valor supracitado para servir de base para o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) local, pois bem, o governo da "Nova" Caraúbas publicou hoje (20), no diário da FEMURN, uma retificação no valor que caiu substancialmente para R$ 1.200,00 (Hum mil e duzentos reais), mensais.

Apesar do reconhecimento nítido do superfaturamento anterior, por parte da Prefeitura de Caraúbas, vale ressaltar que o valor segue superfaturado para o mercado local de alugueis  pois uma casa no molde da locada não ultrapassa a cifra dos R$ 700.00(Setecentos reiais), no "estouro".

As locações apadrinhadas da administração caraubense precisa ser rigorosamente fiscalizada pelo Ministério Público e pela Câmara de vereadores local, detalhe todas, principalmente de veículos. A municipalidade mediante dispensa pode já ter gastado aproximadamente R$ 300 mil reais em locações de veículos, isso é um absurdo fora do normal e do aceitável.

Apesar da leve diminuição com seu par segue o passeio.
Confirmação do superfaturamento...

No total anterior:
Vigência: De 15 de março até 30 de dezembro do ano de 2017.
Valor global: R$ 16.815,00 (dezesseis mil, oitocentos e quinze) reais.
Segue o jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário