quarta-feira, 19 de abril de 2017

* Jogo Baleia Azul que incentiva o suicídio viraliza nas redes sociais entre os jovens.

Um jogo macabro que incentiva a automutilação e até mesmo o suicídio viralizou entre as redes sociais dos jovens brasileiros. Originário da Rússia, chegou ao Brasil recentemente e é chamado de Baleia Azul. O jogo desafia o adolescente a 50 missões, uma a cada dia, entre elas cortes pelo corpo, ver filmes de terror, ouvir música melancólica e, como última missão, cometer suicídio. Há investigações de jovens que tentaram o suicídio e outros que se mataram depois de fazer parte do jogo, considerado um massacre digital.

O delegado Frederico de Melo Silva, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente e Idoso de Lages, investiga um caso de tentativa de suicídio de um jovem relacionado ao jogo. “Recentemente tivemos um caso no qual um jovem tentou suicídio, orientado por este jogo Baleia Azul. Estamos investigando, por isso não posso dar muitos dados. Já tinha conhecimento da influência do jogo, porém ainda não tínhamos nenhum caso na região”, diz.

O delegado ressaltou ainda que o incentivo ao suicídio é crime e pode ter pena de dois a seis anos. “Os pais precisam observar seus filhos. Ver se há alguma situação de vulnerabilidade e procurar um profissional para ajudar”, orienta o delegado, que não quis revelar a idade do jovem.

Sites de outros países, onde o jogo deixa rastros de destruição, apontam que o nome do jogo se refere às baleias que são popularmente conhecidas por comportamento suicida ao forçarem a ida até a orla e encalharem na praia. Uma das teorias que tentam esclarecer esse hábito das baleias é a “hipótese do integrante doente”, quando uma baleia doente procura águas rasas e tranquilas em busca de segurança. Por serem animais sociais, outras baleias seguem esse individuo e acabam encalhadas também.
Atenção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário