segunda-feira, 22 de maio de 2017

* Presidente da OAB/RN é contra pedir impeachment do Governador no momento: “Não existe inquérito”

O presidente da OAB/RN, Paulo Coutinho, que está em Brasília acompanhando as discussões na OAB nacional em torno do pedido de impeachment do Presidente Michel Temer, se posicionou contrário a um possível pedido de impeachment do Governador Robinson Faria. 

“Apenas ouvi áudio do delator. O caso do Presidente foi tratado em razão da existência de um inquérito e da confirmação por ele da conversa com o delator”, justificou Coutinho. 

Durante o fim de semana, integrantes da OAB/RN estiveram até reunidos tratando do possível pedido de impeachment contra Robinson, acusado em delação da JBS de receber R$ 10 milhões em propinas na eleição de 2014. O acerto teria sido feito, segundo o delator, durante jantar em São Paulo que teve a presença não só do Governador, mas do filho-deputado Fábio Faria e das respectivas esposas, Julianne Faria e Patrícia Abravanel (na época eram noivos). Em troca, o Governador privatizaria a CAERN. 

Na nota de defesa, nem Robinson, nem Fábio desmentiram o encontro com executivos da JBS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário