quarta-feira, 28 de junho de 2017

* Amostras de corpos de presos mortos no massacre de Alcaçuz passam por exames de DNA em Salvador.

Oito amostras retiradas de corpos de detentos mortos no massacre de Alcaçuz – o mais violento da história do sistema prisional potiguar – estão sendo analisadas em Salvador. O material foi enviado no dia 18 deste mês e deve retornar a Natal no dia 8 de julho, já com o resultado dos exames.

A polícia técnica do Rio Grande do Norte não possui laboratório para exames de DNA, por isso os testes são feitos com a ajuda do Instituto de Medicina Legal (IML) da Bahia.
Amostras enviadas para análise em Salvador foram retiradas de corpos e partes de cadáveres do massacre de Alcaçuz, ocorrido em janeiro  (Foto: Divulgação/PM)
Corpos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário