quinta-feira, 15 de junho de 2017

* PM reage a assalto e é morto a tiros durante confraternização em bar na cidade de Areia Branca, RN.

G1/RN: Um soldado da Polícia Militar foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (14) ao trocar tiros com bandidos durante um assalto a um bar na cidade de Areia Branca, na Costa Branca potiguar. 

Testemunhas relataram que dois homens e duas mulheres participaram do crime. As duas foram feridas, socorridas e estão presas. Um dos homens também morreu durante o confronto. Já na madrugada, em Mossoró, o homem que havia escapado acabou morto em um novo tiroteio e a arma do PM, que tinha sido levada, foi recuperada. 

O PM morto foi identificado como Carlos Eduardo Alves. Ele morava em Natal e trabalhava como motorista da Força Tática do 9º Batalhão. De férias, o soldado foi a Areia Branca a passeio e estava no bar participando de uma confraternização com parentes e amigos. 

Após o tiroteio, a polícia da cidade foi chamada e partiu em busca do criminoso que escapou. Já na madrugada desta quinta (15), o suspeito foi localizado numa comunidade conhecida como Favela do Velho, no bairro Dom Jaime Câmara, em Mossoró. Houve nova troca de tiros e o suspeito acabou baleado. Ele foi socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu pouco tempo depois de dar entrada no Hospital Regional Tarcísio Maia. Com o suspeito os policiais encontraram a pistola do soldado morto. 

O soldado Carlos Eduardo foi o segundo PM assassinado esta semana no RN. Na terça-feira (13), a vítima foi o cabo Mário Pinheiro de Lima, de 37 anos, que estava à disposição da Secretaria de Segurança Pública. 

Este ano, 12 PMs já foram mortos no Rio Grande do Norte. 
  Carlos Eduardo Alves era motorista da Força Tática do 9º BPM, em Natal (Foto: PM/Divulgação)
Mais um morto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário