sexta-feira, 9 de junho de 2017

* Rocha Loures fica em silêncio em primeiro interrogatório na PF.

O ex-deputado e ex-assessor do presidente Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, ficou em silêncio no primeiro interrogatório realizado pela Polícia Federal para ouví-lo, nesta sexta-feira (09), em Brasília. 

Preso preventivamente desde sábado (03), por ondem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin, Rocha Loures foi flagrado pela PF carregando uma mala com R$ 500 mil em propina entregue por executivo do frigorífico JBS. 

O Termo de Declarações da Polícia Federal, ao qual a TV Globo teve acesso, informa que Richa Loures, "por orientação da sua defesa técnica", decidiu larçar "mão do direito de permanecer em silêncio."

O ex-deputado ficou detido na carceragem da PF até a quarta-feira (07), quando foi transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda, também em Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário