terça-feira, 4 de julho de 2017

* Desembargador compara propaganda do Governo Robinson à de Hitler.

O desembargador Cláudio Santos comparou a publicidade oficial do Governo do Estado “à propaganda nazista de Hittler , que pregava a repetição da falta da verdade por muito tempo para que fosse vista como verdade.” O ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte fez a afirmação ao analisar comentário do governador Robinson Faria de que o número de assassinatos no Estado caiu e ao saber do assassinato do 15º policial militar (Cabo Norberto Bernardo), executado nas Quintas em Natal.

“Parece que estão imitando Goebbels(Joseph Goebbels, chefe de propaganda nazista, repetindo a falta da verdade, mas a situação é exatamente o contrário, desastrosa, fúnebre”, afirmou Cláudio Santos em entrevista na noite desta segunda-feira na Rádio 96 FM. Cláudio Santos fez duras críticas ao “assistencialismo e inaptidão administração do atual governo”. Sobre candidatura dele em 2018, disse que falta alguém com seu perfil para fazer gestão voltada aos problemas do competência do Governo, sobretudo no combate à violência. “O futuro a Deus pertence”, pontuou.
Jogou duro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário