quarta-feira, 12 de julho de 2017

* Getúlio Rêgo: Réu confesso tem denúncia rejeitada pelo TJRN.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte rejeitou denúncia contra o deputado estadual Getúlio Rêgo, que foi denunciado pelo Ministério Público do RN por irregularidade em seu gabinete na lotação de um servidor.

O caso começou após o MP instaurar procedimento para apurar a regularidade da lotação do servidor Sandoval Martins. Em março, o MP denunciou o deputado por peculato, mas o Tribunal de Justiça não acolheu a denúncia apresentada. Entre as alegações para a rejeição, há tese de que peculato não se enquadra na conduta constestada.

Vale ressaltar que Getúlio Rego foi o único deputado que reconheceu e assumiu em rede nacional a existência de fantasmas (funcionário que não trabalhavam e recebiam) em seu gabinete.

Entre os fantasmas muitos caraubenses inclusive o atual vice prefeito e a mulher do secretário de planejamento, pessoas ligadas ao atual prefeito e seus secretários entre outros.

Se um réu converso teve denúncia  rejeitada imagine os demais né!

Viva a nossa justiça!!

Detalhe: Muitos membros da justiça do RN estão atolados no caça fantasma, filhos, filhas e tudo mais, eram fantasmas da Assembleia Legislativa, fica a dica!!! 

MPRN poderá recorrer da decisão caso não tenha mudado de ideia.

Deputado admite irregularidade com cargo comissionado na AL/RN

Matéria do G1/RN:(02/03/2016), O deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM) admitiu nesta terça-feira (1º) a irregularidade de um cargo comissionado lotado em seu gabinete. Ele reconheceu que o funcionário Sandoval Martins, que mora em São Paulo, recebia salário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, mas que quem realmente prestava serviço para o parlamentar era o pai do próprio funcionário, um médico ortopedista. "O pai prestava um serviço de alto nível à população, apesar de ser, confessadamente, uma coisa irregular. Nós não podemos esconder eventuais deslizes", declarou Getúlio em entrevista à Inter TV cabugi.

De acordo com o próprio deputado, Sandoval Martins ocupava cargo comissionado até a semana passada e assumiu, em uma rede social, que recebia dinheiro da Assembleia em troca de serviços prestados pelo pai, que é médico. "Não tinha conhecimento. Eu sabia que ele estava em Natal quando fui procurado pelo pai dele, que é um médico de alto conceito, é um ortopedista especialista em joelho. Ele se ofereceu para fazer uma parceria de atendimento social no seu consultório e nas cirurgias particulares sem cobrança", revelou Getúlio.

Getúlio Rêgo também admitiu a irregularidade na nomeação. "O contracheque é no nome de Sandoval. Ele próprio declarou. Não há nada a esconder. O pai prestava um serviço de alto nível à população, apesar de ser, confessadamente, uma coisa irregular. Nós não podemos esconder eventuais deslizes", afirmou. O deputado também informou que, ao saber que Sandoval Martins estava fora do estado, assinou a exoneração dele.

Parabéns para nossa justiça!!
Deputado estadual Getúlio Rêgo, Democratas-RN (Foto: João Gilberto/ALRN)
Réu confesso inocentado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário