sexta-feira, 14 de julho de 2017

* Juiz nega novo pedido do MPF para prisão de Geddel.

O pedido elaborado pelo Ministério Público Federal (MPF) para prender preventivamente o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) foi negado nesta quinta-feira (13) pelo juiz federal Vallisney Oliveira, da 10º Vara Federal em Brasília.

A solicitação do MPF foi feita um dia depois que a Justiça concedeu prisão domiciliar a Geddel . De acordo com a petição, os promotores ressaltam elementos que, segundo eles, não foram levados em conta pelo desembargador Ney Bello ao permitir que o ex-ministro cumprisse a pena em casa.
geddel casa
Geddel chorou e deu certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário