sexta-feira, 14 de julho de 2017

* No RN, Cabeleireira morta ‘previa’ que algo iria acontecer.

A mulher morta, inocentemente, no atentado a um carro-forte no Shopping Ayrton Senna, estava preocupada com a insegurança que assola o Rio Grande do Norte.

Micaela Ferreira Avelino, de 26 anos, havia usado as redes sociais para expor sua preocupação. Há quase um mês, a jovem cabeleireira e barbeira fez uma postagem na qual constata a indignação com a situação de Natal.

“Natal está entregue aos bandidos! Não existe mais segurança pública. Os bandidos que estão mandando nessa cidade”, escreveu.

Micaela foi usada como escudo humano por um bandido quando foi baleada na cabeça. Ela havia acabado de transferir a barbearia dela para o Shopping Ayrton Senna. Antes, trabalhava na Avenida Abel Cabral, e decidiu sair de lá após um assalto. A mulher buscava segurança.
previa
Cabeleireira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário