segunda-feira, 10 de julho de 2017

* Oposição caraubense demonstra indignação e revolta com desativação do Hospital Regional.

Os edis Josean Amorim (PMDB), Socorro Melo (PMDB), Titica de Lúcio (PR), João Maria (PR) e Edu Licurgo (PR), em contato com a redação do JM, demonstraram muita revolta para com a desativação do Hospital de Caraúbas e com as demais unidades de saúde.

"Solicito uma união de toda classe política para evitarmos o fechamento do Hospital de Caraúbas, estou a disposição da nossa população para lutarmos para evitarmos essa tragédia",comentou Socorro Melo.

"Esse vereador é veemente contra essa desativação e está disposto a entrar em qualquer luta para não ver fechado o Hospital de Caraúbas", comentou João Maria.

"Estamos vivendo os piores seis meses da história de Caraúbas e temos mais um exemplo desse absurdo, o governador fechar o Hospital de Caraúbas contudo estou disposto a lutar pela permanecia do Hospital como ele (hospital) funciona apesar das precariedades nos moldes atuais e não apenas como um Posto de Saúde, assim vamos a luta contra o fechamento", comentou Edu Licurgo.

"Esse governador é louco e desumano e o fechamento do Hospital é uma catástrofe inimaginável principalmente para a população mais carente, estou indignada e coloco meu mandato em prol dessa luta", Titica de Lúcio.

"Essa atitude é absurda e vamos entrar na luta para revertermos esse descaso e desrespeito para com a nossa população, o poder legislativo fará o possível para mantermos o nosso Hospital de portas abertas e prestando os atuais serviços e ampliando e não fechando". externou Josean Amorim.

Os edis oposicionistas irão se reunir para traçar a melhor estratégia em parceria com a população caraubense para buscar evitar esse ato vergonhoso e revoltante.

Mais detalhes nas rapidinhas...
Edis da oposição em ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário