quinta-feira, 13 de julho de 2017

* Robinson criou sua própria oposição dentro do governo e administra editando nota desmentindo sua gestão.

Vaidade, desarmonia, amadorismo, primariedade, bajulação, incompetência e deslumbramento são ingredientes que compõe o secretariado do governador Robinson Faria.

Observando os últimos fatos, verificamos que o secretariado de Robinson é quem mais gera desgaste para o governador, ou seja, em vez de resolver, cria problemas.

Secretários dão sucessivas demostrações de incapacidade, incompetência, insensibilidade, imoralidade, irresponsabilidade e irracionabilidade.

Não faz muito tempo que a secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha mandou publicar um contrato absurdo e imoral no valor de R$ 2 milhões para fornecimento de refeições para o governador e autoridades no Camarões Restaurante,  zombando ou desconhecendo que o RN tem sua saúde pública funcionando em estado de calamidade decretado pelo próprio governo; diante disso o governo é obrigado a publicar uma nota esclarecendo.

Virou motivo de piada um muro que o Governo do Estado mandou construir no Presídio Provisório de Parnamirim que por incrível que pareça serviu para facilitar fugas dos presos; diante disso o governo foi obrigado a publicar uma nota esclarecendo.

Agora a equipe fantástica do governador Robinson Faria, achando que o potiguar é burro e apostando na desinformação, engendrou um TAC com Ministério Público do Trabalho e MPRN para tentar afastar o desgaste do governo em decidir reduzir “quantitativamente e qualitativamente” atendimentos em sete hospitais regionais. Sentindo a reação devastadora da sociedade, o governador é submetido ao ridículo de ser obrigado a desmentir sua própria equipe. O pior é que os cientistas e comunicadores do governo usam blogs potiguares babões para dizerem que tudo é invenção da imprensa oposicionista.

Os babões precisam saber que Robinson não tem oposição pelo simples fato do seu principal adversário derrotado na eleição passada está preso, e outrosinvestigados de cometimento de crimes, calados ou cooptados, embora o governador e seu filho, deputado Fábio Faria também sejam alvos de investigações pela Policia Federal e Ministério Público Federal.  A oposição ao governador Robinson parte da própria incapacidade de sua equipe, que quando não é formada por incompetentes é composta por dinossauros incapazes que serviram aos governos fracassados no passado.

Robinson tem que mudar sua equipe, o resultado do seu governo está igual ao desempenho do ABC na Série B do campeonato brasileiro, ou muda para vencer ou será rebaixado politicamente como Wilma que terminou sua vida politica como vereadora de Natal ou Micarla de Sousa que hoje é pastora amadora de uma igreja evangélica. Rosalba ainda conseguiu voltar a ser prefeita de Mossoró.

Robinson é bem intencionado, mas diante da crise e com um secretário fraco e ultrapassado, o governo está indo para o buraco.

Imagem relacionada
Nossa.


Blog do Primo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário