terça-feira, 4 de julho de 2017

* Setor público deve quase R$ 7 bi à Previdência.

A dívida de nove Estados e 33 municípios citados no levantamento dos mil maiores devedores da Previdência soma mais de R$ 6,9 bilhões, segundo estudo da CPI da Previdência. O maior calote (R$ 727,6 milhões) é do município de Guarulhos (SP), superando a cidade de São Paulo (R$ 616 milhões) e até mesmo a dívida do Estado do Rio de Janeiro, que soma R$433 milhões já inscritos na Dívida Ativa da União. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os R$ 4,9 bilhões municipais e R$ 2 bilhões estaduais, no calote à Previdência, equivalem a 3,2% do total. A maioria é do setor privado.

Apenas 41% da dívida dos estados foi negociada com a Previdência e está sendo paga. Entre municípios, o total negociado equivale a 6,7%. Não entram na conta as dívidas de concessionárias de serviços como a campeã Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa), que deve R$ 1,1 bilhão. Segundo a CPI da Previdência, os mil maiores devedores aplicaram calote de R$ 211 bilhões, somando CSLL, Pis, Cofins e INSS.
966945-07072015-dsc_5184
Previdência na pauta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário