quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

* Robinson: não negociei, não aceito e não admito.

O governador Robinson Faria convocou o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), no início da tarde desta quinta-feira (19), e determinou a entrada das forças de segurança do Estado na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. A operação, explicou ele, tem como objetivo a remoção dos presos, separando os membros das facções rivais para evitar um novo confronto.

“A ação do governo está tendo reações, mas o governo não vai recuar. E é preciso reafirmar: em nenhum momento, o governo autorizou qualquer tipo de negociação, seja com o PCC ou com o Sindicato. Não negociei, não aceito, não autorizo e não admito”, afirmou o governador à imprensa, após o início da operação.

O governador ainda afirmou que será feita a construção de uma barreira física, de concreto, para manter as facções isoladas dentro da penitenciária em Nísia Floresta. Compõem a operação agentes dos batalhões de Operações Especiais (Bope) e de Choque (BPChoque), e o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania.
rob não
Robinson Faria.

* Teori Zavascki morreu na queda do avião; ameaças foram relatadas pelo filho.

Francisco filho do ministro Teori Zavascki já havia registrado nas redes sociais em maio do ano passado que, caso acontecesse algo com a família dele, “vocês já sabem onde procurar”. A mensagem foi apagada, mas mesmo assim foi recuperada por leitores do Blog do Esmael.

“É óbvio que há movimentos dos mais variados tipos para frear a Lava Jato. Penso que é até infantil que não há, isto é, que criminosos do pior tipo (conforme o MPF afirma) simplesmente resolveram se submeter à lei! Acredito que a Lei e as instituições vão vencer. Porém, alerto: se algo acontecer com alguém da minha família, vocês já sabem onde procurar…! Fica o recado!”

Zavascki era relator dos processos ligados à Operação Lava Jato no STF e já tinha começado a trabalhar na homologação da delação premiada de 77 executivos da empreiteira Odebrecht.
teori_queda_chico
Muito estranho.

* Em Caraúbas, confira as promoções do Praxedes Supermercado.

Promoções até 21 de janeiro.

* Em Caraúbas não existe desejo de colocar creche em funcionamento...

O governismo 'tenha paciência' não tema mínima intenção de colocar em funcionamento a creche modelo, essa é a realidade, inclusive existiram pedidos para a mesma se quer tivesse sido inaugurada.

A meta é economizar?

Essa economia, nossa!
O povo  também está de olho!

* Em Caraúbas recadastramento será para evitar contratações, nossa.

O governismo da 'Nova' Caraúbas está dando com início um recadastramento dos servidores efetivos da rede municipal, hum.

A real intenção da gestão 'tenha paciência' é com essa ação contratar o mínimo possível, nossa.

Resta saber onde ficarão as promessas de centenas de empregos feitas no pleito eleitoral, eita.

Segue o jogo!
Promessas já eram...

* Força policial se prepara para entrar em presídio do RN, diz governador.

O governador Robinson Faria (PSD) afirmou na tarde desta quinta­-feira (19) que as forças policiais do Estado estão preparadas para entrar a qualquer momento no presídio de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal, que está tomado por presos rebelados há seis dias.

“A curto prazo agora é evitar uma nova briga, uma nova matança entre eles. Por isso nós vamos entrar daqui a pouquinho, a operação vai começar já já. Em um segundo momento vamos transferir os presos das facções para presídios separadamente”, afirmou Faria em entrevista à GloboNews.

Ele ainda falou em separar membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) e o Sindicato do Crime, que hoje andam livremente dentro do presídio. “A ordem é retomar a ordem do presídio, fazer uma corrente humana dentro, de policiais, separando eles, para acabar com essa folga de ficarem perambulando, e amanhã se inicia a construção de um paredão, de placas de concreto, para separar até você ter toda a remoção, no Estado inteiro”
C2jgtXuWgAAHilT
Vai gerar essa ação.

* Presos tomam território de facção rival em Alcaçuz e tentam avançar.

Barricadas, clima de guerra e verdadeira batalha campal. Um presídio praticamente destruído e ameaças e confrontos sucessivos. A Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta, na Grande Natal, na manhã desta quinta-feira(19), registra o seu momento mais tenso depois da rebelião sangrenta do sábado(14), em que 26 presos foram mortos, contagem do Itep, até o momento.

A situação sem controle em Alcaçuz já registra vários feridos. A Polícia não se encontra na área interna. Detentos do Pavilhão  5 avançaram em território até então ocupado por presos do Pavilhão 4, e o confronto foi iniciado. Barricadas frágeis separam presos. Guariteiros realizam disparos de balas de borracha.
C2icWIkXUAAhT1C
Guerra declarada.
Blog do BG

* Governo do Estado paga R$ 2,4 milhões em Garantia Safra.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), pagou nesta quinta-feira (19) a contrapartida do Garantia Safra 2015/2016 para a região II. Foram repassados R$ 2.468.502,00 aos 64 municípios que compõem a área. Com o pagamento de R$ 2.694.024,00 em dezembro do ano passado para os agricultores da região I, o investimento total do Executivo no Garantia Safra 2015/2016 ultrapassa R$ 5,1 milhões. Estima-se um impacto de R$ 46 milhões na economia dos municípios das duas regiões.

Na primeira etapa, 26.412 agricultores da Região I, composta por 85 municípios, receberam o benefício. Dessa vez, estão sendo beneficiados 24.201 agricultores de 64 municípios que compõem a região II.

* Confronto de presos ao vivo faz Alcaçuz tem dia de ‘Big Brother’.

A Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal, revelou ao país em tempo real como acontece um confronto entre presos. O principal motivo foi a topografia – o presídio, localizado entre dunas, permitiu às equipes de TV ampla captação de imagens dos detentos se enfrentando e possibilitou transmissão ao vivo das hostilidades.

A GloboNews ficou pouco mais de três horas ao vivo mostrando as imagens do confronto campal dentro do presídio. O link ao vivo começou com a entrada no ar do Jornal GloboNews – Edição das 10h, e prosseguiu até pouco depois das 13h, quando passou a dar espaço a outros assuntos.  Um repórter no local e os âncoras no estúdio narravam o passo a passo do enfrentamento entre os detentos – ligados basicamente às facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC) e Sindicato do Crime do RN – e as reações dos chamados “guariteiros”, os policiais e agentes que fazem a segurança da muralha.

A transmissão do motim chegou ao Jornal Globonews – Edição do Meio-Dia e impediu a veiculação dos programas Cidades e Soluções, previsto para as 12h05, e Milênio (12h30). A exibição ininterrupta do confronto só terminou com o Jornal GloboNews – Edição das 13h, que passou a tratar também de outros temas.

Veículos de comunicação do Rio Grande do Norte também estão disponibilizando link ao vivo do enfrentamento na internet. O Novo Jornal, por exemplo, fez um streaming no Facebook, que tinha 1,3 mil pessoas acompanhando por volta das 13h.
brasil-rn-alcacuz-20170119-01
Aqui ponto chegamos!

* Empresa que presta serviços ao Governo do Estado em hospitais públicos confirma dívida de R$ 9,5 milhões.

Nota de Esclarecimento da JMT: 

“Em atenção à imprensa e à sociedade, o Grupo Empresarial JMT presta esclarecimentos sobre o contrato firmado entre a JMT Service e Locação de Mão de Obra e a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte. Devido ao atraso, de dois meses, no pagamento da SESAP à empresa, além da não quitação de outras obrigações contratuais de reajustes e repactuações, referentes aos anos de 2015 e 2016, que soma um montante de R$ 9,5 milhões devedor, a JMT está impossibilitada de cumprir com o pagamento dos salários do mês de dezembro de 2016 dos profissionais que atuam nos hospitais geridos pelo Governo do RN. O Grupo Empresarial JMT pede a compreensão de todos os trabalhadores e informa que já está buscando alternativas legais para que, o quanto antes, a situação esteja normalizada”.
Nota de esclarecimento.

* Novos presos mortos em Alcaçuz e diretor é baleado.

A Polícia Militar informou a imprensa que novos presos morreram na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, após o confronto entre facções desta quinta-feira (19).

Várias pessoas foram feridas, entre elas, o diretor da unidade prisional, Ivo Freire, que sofreu um tio de raspão.
z
Sem controle.