segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

* Secretário uruguaio que ajudaria a Lava-Jato é achado morto.

BUENOS AIRES. A Justiça do Uruguai está realizando várias perícias para determinar os motivos da morte do Secretário Nacional de Luta contra a Lavagem de Dinheiro do país, Carlos Díaz, encontrado boiando na piscina de sua casa de Punta del Este na noite do sábado de Carnaval. O funcionário é autor de um projeto de lei sobre lavagem de dinheiro considerado importantíssimo pelo governo do presidente Tabaré Vázquez em sua cruzada por redobrar o controle de operações suspeitas, e tinha se transformado no principal elo entre Uruguai e Brasil para investigações conjuntas sobre a Lava Jato.

Carlos Díaz disse ao GLOBO, em reportagem publicada na última quinta-feira, que estava disposto inclusive a ceder instalações e informações do órgão que dirigia a investigadores brasileiros que apuram crimes de lavagem utilizando esquemas no país vizinho. A articulação seria uma parceria inédita para investigar redes de lavagem de dinheiro sujo proveniente do Brasil.
Ver mais  AQUI CLIQUU

* Dória já é realidade para 2018.

Murilo Hidalgo, diretor do Instituto Paraná Pesquisas, diz que o prefeito de São Paulo já é um nome reconhecido nacionalmente e que é impossível falar na eleição presidencial sem incluir o tucano na disputa.
Dória. 
‘O Antagonista’

* Robinson promete instalação de fábrica chinesa no RN.

Ainda na China, o governador Robinson Faria se reuniu nesta segunda-feira, 27, como a diretoria da indústria fabricante de placas fotovoltaicas para produção de energia solar Chint Eletrics Co.

Na ocasião, na cidade de Xangai, foi assinado o protocolo de intenções para a construção de uma fábrica da Chint no Rio Grande do Norte.

“A nossa missão comercial à China é bem sucedida e a assinatura deste acordo de cooperação tecnológica e estratégica com a Chint vai gerar emprego e renda em nosso Estado e atrair novos investimentos”, garantiu Robinson Faria. 

Robinson Faria está acompanhado do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, do Secretário Adjunto do Gabinete Civil, Flávio Pisca, do diretor presidente da Potigás, Beto Santos, do deputado federal Rafael Motta e de Terceiro de Melo, diretor da Federação das Indústrias do RN (Fiern).
Robinson em ação.

* Acidente de transito no Oeste do RN deixa duas pessoas mortas na manhã desta segunda.

Dois acidentes de transito com mortes no local foram registrados na manhã desta segunda feira (27). Na Rodovia Estadual, 233, nas proximidades do Hotel de Olho D’água do Milho, na zona rural de Caraúbas, um jovem identificado apenas como Artur, foi encontrado morto ao lado de uma motocicleta. Ainda não sabe as causas do acidente, mas acredita-se que o mesmo perdeu o controle da motocicleta, saiu da pista e morreu da queda.

O outro foi na  Rodovia Federal, 266, no trevo de acesso a cidade de Brejo do Cruz, no estado da Paraíba, ainda na zona rural de Patu uma moça morreu vítima de colisão de um carro com a motocicleta que ela trafegava.

Segundo informações um casal de Janduís que estava indo para a cidade de Brejo do Cruz, foi colhido por um veículo, que avançou a preferência da via. A mulher que era professora, morreu no local. O marido dela sofreu escoriações pelo corpo e aparentemente não corre riscos de morrer.

Os corpos das vítimas foram removidos pela equipe de plantão no Instituto Técnico e Científico de Perícia “Itep” de Mossoró.
55c41abd-881b-4340-815c-22c2518ea0d9-horz
Vítimas.
O Câmera

* Pela 3ª vez, Baía do Sancho é eleita a praia mais bonita do mundo.

Pela terceira vez, a Baía do Sancho, localizada em Fernando de Noronha (PE), foi eleita a praia mais bonita do planeta. A avaliação, feita pelo site TripAdvisor, foi anunciada nesta quinta-feira (23).

O ranking ainda conta com representantes de outros nove países como Cuba, Itália e Espanha. Sancho foi o único destino praiano brasileiro incluído na pesquisa.
IMG_6799
Noronha.

* Assassinatos crescem no RN durante Carnaval de 2017.

Segundo o Observatório da Violência do RN (ÓBVIO), o número de assassinatos registrados este ano – numa parcial de casos em período de Carnaval – supera a quantidade de homicídios do ano passado no Rio Grande do Norte. 

Entre a sexta-feira e as primeiras horas desta segunda-feira, foram 27 mortes em 2017, 25 casos no ano passado e 22 em 2015.