domingo, 16 de abril de 2017

* Investigadores querem registro de entrada de delatores no Jaburu .

Os investigadores da operação Lava-Jato querem o registro de entrada de Marcelo Odebrecht e do ex-diretor Cláudio Melo Filho para reunião com o presidente Michel Temer no dia 28 de maio de 2014 no Palácio do Jaburu, local em que o presidente mora até hoje. 

Um jantar nesta data com Temer, então vice-presidente, foi informado pelos delatores. O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da República, e o relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, determinou que a Polícia Federal (PF) cumpra essa diligência.
Temer.

* Prefeito de Campina fará lançamento do Maior São João do Mundo 2017.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), confirmou o lançamento do Maior São João do Mundo, edição 2017, na próxima quarta-feira, 19. A solenidade será realizada no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), a partir das 10h. Na ocasião, Romero anunciará, em conjunto com a empresa Aliança, as novidades deste ano em termos de layout e programação artística do Parque do Povo.

De acordo com Romero Rodrigues, o Maior São João do Mundo deste ano será um divisor de águas na história de um evento com mais de três décadas de sucesso. Através da Parceria Público Privada (PPP), um novo modelo de gestão do evento deve gerar uma economia de, no mínimo, R$ 5 milhões para os cofres municipais. Com isso, estes recursos serão aplicados na construção da nova unidade hospitalar.

Conforme relatou, a população de Campina Grande e os turistas que marcarão presença em Campina Grande neste ano vão desfrutar da mais importante edição do Maior São João do Mundo, tendo, inclusive, diversificada programação, tanto no Parque do Povo, quanto nos distritos.

Na condição de coordenador geral da festa, o prefeito já esteve fazendo a vistoria da montagem da nova estrutura do Parque do Povo que abrigará o maior evento turístico da Paraíba, marcado para acontecer de 2 de junho até 2 de julho.
IMG_0415
São João 2017.

* Presidenciáveis fora da “lista de Fachin” ensaiam discurso ético para 2018.

Os três presidenciáveis que ficaram de fora da “lista de Fachin” já ensaiam um discurso ético para as eleições de 2018. Ciro Gomes (PDT-CE), Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e Marina Silva (Rede-AC) avaliam que a lista de pessoas citadas não surpreende e criticam os investigados pela Lava Jato.

A ex-ministra do Meio Ambiente no governo Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou para atacar a gestão Michel Temer, o Congresso Nacional e o PT, para o qual, segundo ela, “o poder de partido falou mais alto do que o poder de nação”.
IMG_0430
Nossa.

* Caraúbas fora: Garantia-Safra é liberado para agricultores de 24 cidades do RN.

G1/RN: Mais de 6 mil agricultores familiares do Rio Grande do Norte começam a receber este mês o Garantia-Safra. A portaria que libera o seguro, referente à safra de 2015/2016, foi publicada na quarta-feira (12) pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), do governo federal. 

No estado, o benefício será concedido a agricultores de 24 municípios onde houve perda de pelo menos 50% da produção devido à seca. Em fevereiro, o pagamento do Garantia-Safra já havia sido autorizado para trabalhadores de outros 70 municípios em situação de emergência. 

O seguro, no valor de R$ 850, é disponibilizado em cinco parcelas de R$ 170 e pode ser retirado em agências da Caixa Econômica Federal e lotéricas nas datas definidas no calendário da Caixa Econômica Federal para o pagamento de benefícios sociais. 

Podem aderir ao programa os agricultores de municípios onde o seguro é concedido cuja renda média mensal não supere um salário mínimo e meio, excluídos os benefícios previdenciários. Para participar, é preciso se inscrever na data e local definido pela prefeitura e pagar uma taxa de R$ 17. 

A adesão ao programa deve ser feita sempre antes do início do plantio. No Rio Grande do Norte, as inscrições para a safra 2016/2017 já foram encerradas. De acordo com a Sead, as inscrições para o biênio 2017/2018 poderão ser feitas a partir de julho. 

Agricultores caraubenses ainda não serão contemplados nesse lote.

Municípios beneficiados

  • Areia Branca
  • Doutor Severiano
  • Equador
  • São Fernando
  • São Miguel
  • Timbaúba dos Batistas
  • Bom Jesus
  • Caiçara do Norte
  • Coronel Ezequiel
  • Guamaré
  • Jaçanã
  • Januário Cicco (Boa Saúde)
  • Japi
  • Lajes
  • Montanhas
  • Monte Alegre
  • Monte das Gameleiras
  • Passa e Fica
  • Pedro Velho
  • Poço Branco
  • Pureza
  • Serra de São Bento
  • Tangará
  • Vera Cruz.
  •  
    Garantia cobre prejuízos nas lavouras de feijão, milho, mandioca, algodão e arroz (Foto: Reprodução EPTV)
    Garantia safra.

* O eleitor que vende o voto não pode reclamar do politico corrupto.

Uma vez ao conceder entrevista numa emissora de rádio em Natal disse que “a possibilidade de um candidato se eleger sem fazer algo mal feito ou cometer um crime é a mesma que uma pessoa mergulhar numa piscina cheia de água e não se molhar”.

Assistindo o vídeo da delação do empresário Marcelo Odebrecht me chamou atenção a maior verdade que ele disse enquanto colaborava com os investigadores da Operação Lava Jato: “Não existe político eleito  neste país que não tenha feito caixa dois”.

Então, por qual razão dessa prática em nossas eleições?

Na  modesta visão de quem foi vereador por 12 anos, disputando eleição onde o candidato disputa à conquista do voto é bem perto do eleitor, constatei que vivemos num pais que no passado não se investiu em educação, hoje, temos o analfabeto funcional e o analfabeto político; segundo, percebi que os empresário quando entrar na política, sem espirito público, apenas por vaidade, compravam eleições, essa conduta viciou o eleitor que na sua grande maioria só vota nas eleições de hoje se receberem dinheiro ou favores.

Criou-se relação pecaminosa, incestuosa e criminosa, entre candidatos e eleitores, nossas eleições transformaram-se numa feira onde o candidato compra e o eleitor vende.

Nesta conta, o candidato gasta muito para se eleger, tudo que ele ganha como deputado não paga a 20% do que  gastou, lógico que depois de eleito ele vai buscar seu dinheiro de volta, e para continuar na política vai fazer caixa para tentar à reeleição.

Para reaver o dinheiro de volta, não tem outro caminho, o político tem que fazer coisas mal feitas, e fazer corrupção é o caminho mais curto para abocanhar dinheiro público.

Mas, sempre digo o seguinte: se o candidato compra o voto é por que o eleitor vende, então neste caso existem dois criminosos.  Vender o votos é crime igual ao de comprar.  O problema é que o Poder Judiciário, Policia Federal e Procuradoria da República,   só estão criminalizando o político que é uma ponta do crime, no meu ponto de vista deveria também criminalizar o eleitor que vendeu o voto.

É fácil identificar quem o eleitor que vende o voto, basta colocar agentes à paisana para oferecer vantagens e dá o flagrante.

Claro que o eleitor não ficaria preso, afinal onde iriamos prender tanta gente? Mas ele deveria ser lavado para delegacia e lavrado o flagrante que posteriormente a Justiça Eleitoral aplicaria penalidades na forma da lei, exemplo:

-suspensão do título de eleitor por 4 anos, o que provocaria restrições como não poder fazer concursos públicos, retirar passaporte, contrair empréstimos em  bancos oficiais.

– proibir de frequentar estádios de futebol e eventos esportivos.

-proibir de frequentar bares e casas noturnas e se recolher às 20:00 horas em sua residência só podendo sair às 06:00 da manhã.

Aplicação de multas pecuniárias.

Se não for feito isso, o eleitor continuará vendendo o voto, o candidato comprando e roubando para se eleger..

Por isso digo: o eleitor que vende seu voto não pode reclamar dos políticos corruptos, sou franco em dizer que gastei muito dinheiro nas minhas eleições, quando perdi a eleição saí liso.
charge de politico
Verdade.
Blog do Primo.

* Membros do MP manifestam preferência sobre novo Procurador-Geral nesta segunda.

Mais de 200 promotores e procuradores do Ministério Público do Rio Grande do Norte devem votar nesta segunda-feira 17 para manifestar sua preferência em relação ao novo Procurador-Geral de Justiça do Estado. Concorrem ao cargo os candidatos Eudo Leite, Iadya Gama e Ivanildo Silveira.

Apesar da eleição entre os membros do MP, a escolha do novo procurador, que vai substituir Rinaldo Reis, compete ao governador Robinson Faria. Entretanto, historicamente, o chefe do Poder Executivo escolhe o indicado (integrante da lista tríplice) de acordo com a preferência dos membros do MP na eleição informal.

Depois da escolha pelo governador, o nome é apreciado pela Assembleia Legislativa, que deve aprová-lo por maioria absoluta para um mandato de dois anos. No Rio Grande do Norte, é possível a reeleição para mais dois anos. O novo mandato deve começar em 18 de junho.

A votação ocorre amanhã em Natal e Mossoró, das 8h às 14h, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça e respectivamente na sede das promotorias. Haverá urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral para facilitar o processo.
 Foto: Divulgação
Candidatos.

* Páscoa: festa celebra a ressurreição de Jesus Cristo.

Neste domingo(16) a Páscoa cristã que celebra a Ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu por três dias, até sua ressurreição. É o dia santo mais importante da religião cristã. Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica, que é uma das mais importantes festas do calendário judaico, celebrada por 8 dias e onde é comemorado o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a “passagem” de Cristo, da morte para a vida.

A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pessach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.
IMG_0405
Domingo pascoal.

* OAB pede cerco ao game Baleia Azul.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais (OAB/MG) defende que a morte do jovem Gabriel Antônio dos Santos Cabral, de 19 anos, encontrado sem vida após ingerir remédios em Pará de Minas, na Região Central do estado, ao que tudo indica por conta do envolvimento do adolescente com o jogo Baleia Azul, seja investigada de forma rigorosa. Apesar de a Polícia Civil adiantar que o caso será investigado pelo artigo 122 do Código Penal, que prevê pena de dois a seis anos de reclusão pelo crime de induzir ou instigar alguém a cometer suicídio, a OAB/MG acredita que outros crimes podem aparecer durante o inquérito, como ameaça ou formação de quadrilha.

O presidente da Comissão de Crimes Eletrônicos da OAB/MG, Luis Felipe Silva Freire, também espera que o trabalho das autoridades motive medidas judiciais para tirar do ar conteúdo produzido no âmbito do jogo, que surgiu na Rússia, mas já chegou no Brasil e tem o objetivo de ordenar pela internet, por meio de grupos em programas como Facebook e WhatsApp, tarefas perigosas aos membros até o desafio final, de tirarem a própria vida.

“Precisamos de uma ação efetiva que identifique esses criminosos. Além do crime de instigar o suicídio, podemos ter uma formação de quadrilha, com pessoas incentivando e gerindo esse tipo de jogo, e também o crime de ameaça. Como exemplo, a pessoa manda você desempenhar uma determinada tarefa e, se você não fizer, um membro da família pode sofrer alguma coisa”, afirma o advogado. Segundo a mãe de Gabriel, Maria de Fátima Santos, de 37 anos, isso pode ter acontecido, pois no enterro do filho inúmeras pessoas disseram a ela que os membros do grupo faziam ameaças, dizendo que só existem duas formas de sair do jogo. Ou se matando ou admitindo a possibilidade de alguém fazer mal ao jogador ou a alguém de sua família.
IMG_0314
Juventude cada vez mais idiota.

* Instrutor paraibano cai e morre em escalada no RN.

Um instrutor de rapel paraibano morreu após cair da pedra do oratório, no Rio Grande do Norte, durante uma escalada na manhã deste sábado (15). A pedra fica na região do Parque Estadual Pedra da Boca, em Araruna. Wolgrand de Melo Falcão tinha 46 anos, era jornalista e instrutor de rapel.

Segundo ele, a vítima era experiente em rapel e já praticava a atividade há pelo menos 10 anos. O acidente ocorreu no Rio Grande do Norte, porém, todo atendimento foi feito por equipes paraibanas.

O capitão Ferreira alertou que qualquer tipo de atividade no local deve ser acompanhada por um profissional, além disso, é necessário verificar se todos os equipamentos estão conectados e os respectivos prazos de validade.
IMG_0399
Rapel.