sábado, 1 de julho de 2017

* PSOL terá candidaturas majoritárias e proporcionais em 2018.

O PSOL no Rio Grande do Norte articula o lançamento de candidaturas majoritárias e proporcionais nas eleições de 2018. A agremiação trabalha para ter candidaturas próprias ao Governo do Estado, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa.


A agremiação socialista deverá lançar um manifesto sobre as próximas eleições até meados de setembro a outubro desse ano. Para o governo, o nome que desponta nas discussões é o do médico Salomão Gurgel, prefeito de Janduís por três mandatos, ex-deputado federal e ex-secretário de saúde de Natal.
Sem nenhuma chance.  

* Em Caraúbas, Polícia Militar realizando abordagens na cidade e zona rural.

A VTR 1210, da polícia Militar de Caraúbas, no comando do Sgt Alves, com apoio dos CBs Tyronne e Francemilton, realizando várias abordagens a pessoas e veículos, estradas carroçável que dá acesso a cidade de Caraúbas.

Essas abordagens também estão acontecendo no perímetro urbano do município de Caraúbas.


A sociedade agradece os serviços da Polícia Militar sobretudo do Sargento Alves e equipe.
Sargento em ação.

* Joesley Batista não foi envenenado.

Dono da delação premiada que pode custar o cargo do presidente Michel Temer (PMDB) e nocauteou o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o empresário Joesley Batista protagonizou nos últimos dias boatos que circularam em redes sociais e, sobretudo, no WhatsApp.

Criadas por dois notórios blogs que vivem de espalhar notícias falsas, as mentiras fabulam sobre o estado de saúde de Joesley, internado no Hospital Albert Einstein com prosaicas dores no nervo ciático desde a última quarta-feira.

A primeira delas, inventada pelo Folha do Brasil, garante que “o estado é grave” e que o delator estaria em tratamento na UTI:

A notícia falsa mistura recortes de informações publicadas em grandes veículos de comunicação à mais pura e simples ficção. É verdade, por exemplo, que a família de Joesley Batista e o empresário pediram privacidade em relação à estadia dele no hospital. Já a informação de que “o estado é grave” não passa de balela.

* Prisão de Dison não o impedirá de exercer função.

A juíza Ana Karina de Carvalho da Silva, da comarca de Goianinha, mandou prender, em regime semiaberto, nesta sexta-feira (30), o deputado estadual Dison Lisboa.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) encaminhou o processo de volta ao Tribunal de Justiça, para execução da pena, que também enviou a comarca de Goianinha, onde teve início os autos.

Como a prisão foi decretada em regime semiaberto o deputado Dison não ficará impedido de exercer seu mandato na Assembleia Legislativa. Ele poderá durante o dia frequentar à Assembleia Legislativa e participar das sessões.

* Deputado Dison está preso no quartel da PM.

O deputado estadual Dison Lisboa é levado para o comando Geral da PM no Rio Grande do Norte, em Natal, onde está preso.

Ele chegou ontem à noite.

O delegado Wellington Guedes Segundo foi o autor da prisão.
Dison-Lisboa-2-Eduardo-Maia
Nossa.